Após goleada em casa, técnico do Spartak Moscou é demitido

Moscou, 25 nov (EFE).- A eliminação na fase de grupos da Liga dos Campeões, ocorrida com uma rodada de antecipação na última terça-feira, e a goleada por 5 a 1 sofrida em casa no clássico contra o Dínamo de Moscou neste domingo causaram a demissão do técnico do Spartak Moscou, o espanhol Unai Emery.

"Os proprietários do clube decidiram que Unai Emery não treinará mais o Spartak. Informaremos em breve nossos próximos passos" anunciou o diretor do clube, Valeri Karpin.

Técnico do Valencia de 2008 a junho deste ano, Emery tinha contrato de dois anos com a equipe de Moscou no mesmo mês. Ele vinha sendo criticado pela ausência de vitórias nas últimas três partidas e principalmente pela queda na 'Champions', em que o time é o lanterna do grupo G, com apenas três pontos. Já classificado, o Barcelona tem 12, enquanto Benfica e Celtic têm sete cada.

Além disso, o maior campeão russo de toda a história sofreu derrotas em partidas importantes do torneio nacional, como para Zenit São Petersburgo (5 a 0), CSKA Moscou (2 a 0) e Lokomotiv Moscou (2 a 1), além da goleada deste domingo. Atualmente, o time é o sétimo colocado, a dez pontos do topo.

Últimas notícias Ver mais notícias