Santos bate Palmeiras nos pênaltis, vai à semi e segue na luta pelo tetra inédito

Samir Carvalho
Do UOL, em Santos (SP)

  • Luiz Fernando Menezes/UOL

    Santos celebra vitória conquistada nas penalidades e vaga na semi do Paulista

    Santos celebra vitória conquistada nas penalidades e vaga na semi do Paulista

O Santos está firme na luta pelo tetracampeonato inédito do Campeonato Paulista. Na tarde deste sábado, o time venceu o Palmeiras nos pênaltis por 4 a 2, com Kleber e Leandro perdendo batidas e tornando Rafael o herói da tarde após o empate por 1 a 1 no tempo normal. Curiosamente, o camisa 9 havia desencantado minutos antes de errar uma das batidas que desclassificaram os palmeirenses

O time da Vila Belmiro poderia ter vencido sem grandes sustos, mas Neymar abusou de perder gols. A vitória classifica a equipe de Muricy Ramalho para a semifinal do torneio para enfrentar Mogi Mirim, que atropelou o Botafogo por 6 a 0. A decisão da vaga para a final acontece no próximo fim de semana. 


Os santistas quase não se complicaram. Na verdade, o placar só não foi resolvido no tempo normal porque Bruno esteve em uma tarde inspirada e fez importantes defesas que salvaram o alviverde. Neymar, por exemplo, foi frustrado na sua tentativa de balançar as redes por três vezes cara a cara. Como já tem acontecido durante a temporada, os palmeirenses tentaram jogar só na base da raça e só conseguiam levantar a sua torcida em lampejos de criatividade de Leandro, que chegou a perder gol após driblar o goleiro.

Mesmo atuando com duas linhas de quatro jogadores no meio-campo, o Palmeiras não tinha uma postura defensiva no inicio do jogo e, inclusive, teve duas oportunidades de fazer o gol antes de o Santos abrir o placar. Na melhor oportunidade, Vinícius tabelou com Charles dentro da área e cruzou rasteiro para Leandro, que deu um leve desviou e a bola passou muito próxima a trave de Rafael.

Dois minutos após o lance mais perigo do Palmeiras, o Santos saiu na frente com o gol de Cícero. A zaga palmeirense vacilou após cobrança de escanteio de Montillo, a bola sobrou para Neymar, que dominou e chutou cruzado antes de Cícero desviar com o bico da chuteira para fazer o gol.


Além das duas linhas de quatro, Gilson Kleina apostava em algumas marcações individuais. Em uma delas, o lateral direito Ayrton marca Neymar sempre de perto. Quando o lateral não precisou se preocupar com o atacante, acabou dando espaço para Edu Dracena.  O zagueiro santista achou bola na entrada da área e acertou um belíssimo chute. Bruno defendeu e ainda contou com o travessão para evitar que o placar fosse aumentado. O goleiro voltou a trabalhar em ótimo chute de Neymar de fora da área.

O Palmeiras voltou para o segundo tempo com mais domínio de bola, mas com dificuldades de entrar na retranca santista. Os donos da casa, por sua vez, usavam muito bem Neymar. Foi com ele, aliás, que quase o placar foi ampliado. Cícero disparou pela direita, tocou para o camisa 11, que ficou cara a cara com Bruno. O goleiro, de pé, defendeu.

Os palmeirenses responderam com Leandro. O atacante foi lançado, driblou Rafael e só precisava tocar para empatar. Léo conseguiu salvar em cima da hora e foi imediatamente ovacionado pela Vila Belmiro. Muricy resolveu mudar e colocou Miralles no lugar de André e Neto no posto de Alan Santos. Mesmo com a troca, Neymar seguia como a grande referência. Cícero lançou a bola para o atacante, que tentou colocar por cima de Bruno e acabou errando.

Neymar voltou a perder outro gol após ficar cara a cara com Bruno. Ele recebeu lançamento pela esquerda e tentou tirar do goleiro. O camisa 1 conseguiu usar o pé para defender e ainda viu Maurício Ramos salvar a bola em cima da linha no rebote aproveitado por Miralles. De tanto perder gol, o ditado de "quem não faz toma" entrou no jogo. Kleber recebeu cruzamento de Souza, cabeceou e empatou a partida, encaminhando o jogo para a decisão dos pênaltis.

Na batida, Kleber e Leandro perderam pelo Palmeiras, e Souza e Wesley converteram, enquanto que Miralles, Cícero, Montillo e Renê Junior balançaram as redes pelo Santos. 

Últimas notícias Ver mais notícias