Leverkusen deixa Nuremberg atolado na zona de rebaixamento

(Reuters) - O Bayer Leverkusen aproveitou-se de um desempenho ruim do Nuremberg para vencer por 4 x 1, neste domingo, e deixou os seu oponente preso à zona de rebaixamento do Campeonato Alemão.

Emir Spahic, com dois gols, Sebastian Boenisch e Roberto Hilbert marcaram pela primeira vez na temporada para reviver as esperanças do Leverkusen de jogar a próxima Liga dos Campeões.

A derrota do Nuremberg deixou o Hamburgo com mais chances de sobreviver, e o Stuttgart afastou-se do perigo ao ganhar do terceiro colocado Schalke 04 por 3 x 1, com dois gols de Martin Harnik.

O Leverkusen (54 pontos) superou o Wolfsburg (53) na quarta colocação, que garante vaga nos playoffs da Liga dos Campeões, enquanto Schalke (58) continua no trajeto direto à fase de grupos.

O Nuremberg (26) está na vice-lanterna, e o Hamburgo, o único time presente em todas as 51 edições da história da Bundesliga, está com um ponto a mais e uma posição acima, na vaga do playoff do rebaixamento. O Stuttgart, 15º, abriu uma diferença de quatro pontos para o Hamburgo.

O zagueiro Spahic colocou o Leverkusen à frente, aos 16 minutos, quando pegou uma bola perdida e acertou o gol, a 30 metros de distância.

O Nuremberg empatou em dez minutos, com uma cobrança de falta do Marvin Plattenhardt, aparentemente uma tentativa de cruzamento, que passou por tudo mundo e entrou nas redes.

Os anfitriões deveriam ter ficado à frente no começo do segundo tempo, quando Josip Drmic ficou frente a frente com Bernd Leno, que defendeu o chute e posteriormente o rebote de Hiroshi Kiyotake.

Quase imediatamente, Boenisch colocou o Leverkusen à frente, depois que o defensor do Nuremberg, Mike Frantz, perdeu uma chance clara.

O terceiro gol do Leverkusen veio quando o time afastou um escanteio do Nuremberg, e Son Heung-Min arrancou de uma área à outra, antes de colocar a bola no caminho de Spahic para uma finalização simples.

Son também esteve envolvido no quarto, pois seu chute foi mal defendido pelo goleiro Raphael Schaefer e, apesar de ter caído para Plattenhardt, o defensor do Leverkusen cabeceou diretamente para Hilbert, que fez o gol.

O outro jogo colocou o técnico do Stuttgart, Huub Stevens, contra o clube que ele comandou duas vezes.

Dois gols do atacante austríaco Harnik e um do ex-atacante da seleção alemã Cacau colocaram o Stuttgart três pontos à frente, antes de uma hora de jogo, antes que Adam Szalai reduzisse o prejuízo do Schalke.

Últimas notícias Ver mais notícias