México é o 1° adversário do Brasil a anunciar convocação para a Copa

Do UOL, em São Paulo

  • Jamie Sabau/Getty Images

    Giovani dos Santos, filho do brasileiro Zizinho, foi convocado para jogar a Copa no Brasil

    Giovani dos Santos, filho do brasileiro Zizinho, foi convocado para jogar a Copa no Brasil

O técnico Miguel Herrera anunciou nesta sexta-feira a lista de convocação dos jogadores que vão disputar a Copa do Mundo de 2014 pelo México. A seleção mexicana é a primeira adversária do Brasil na fase de grupos a anunciar os convocados. O atacante Giovani dos Santos, do Villarreal, filho do brasileiro Zizinho, que ficou muito conhecido no futebol local, está entre os chamados. Oribe Peralta, que marcou os dois gols do México na vitória sobre o Brasil na final dos Jogos Olímpicos de Londres, também foi convocado.

O jogo entre a seleção de Felipão e os mexicanos será disputado na segunda rodada, no dia 17 de junho, em Fortaleza, às 16h (horário de Brasília). O México teve dificuldades para se classificar para a Copa do Mundo e teve que vencer a Nova Zelândia na repescagem internacional após um quarto lugar nas eliminatórias da Concacaf.

"Por quatro meses, foi tudo muito difícil. Mas chegamos a nossa conclusão, temos a nossa lista e só posso agradecer a cada um dos integrantes da comissão técnica, que foi muito importante nessa decisão", disse o técnico antes de anunciar a lista.

Os principais destaques da seleção mexicano que vem ao Brasil são Andrés Guardado, do Bayer Leverkusen, Diego Reyes, do Porto, e Chicharito Hernández, do Manchester United.

A seleção mexicana começa os trabalhos no próximo dia 12, com a apresentação dos jogadores que atuam em times do futebol mexicano que já foram eliminados na atual temporada. No dia 18, jogadores do futebol europeu que já tiverem terminado seus compromissos com os clubes, e atletas das equipes eliminadas na semifinal do Campeonato Mexicano se apresentam. O elenco só estará completo no dia 25.

O primeiro amistoso de preparação será no dia 28, contra Israel, na despedida da seleção do território mexicano. No dia seguinte, o time do México vai viajar para Dallas, nos EUA, onde fará mais três jogos. Encara o Equador, no dia 31, a Bósnia, no dia 3 de junho, e Portugal, no dia 6. 

Para o duelo contra Israel, a Federação Mexicana de Futebol fará uma homenagem para Cuauhtémoc Blanco. O jogador deverá estar em campo em alguns minutos para sua "despedida" do futebol.

A viagem para São Paulo será realizada no dia 7 de junho. No mesmo dia, a equipe vai partir para Santos, no litoral paulista, onde ficará concentrada até o dia 11, quando parte para Natal, onde jogará contra Camarões na estreia da Copa.

Embora o técnico Miguel Herrera diga que vem ao Brasil para ser campeão, a Federação Mexicana de Futebol definiu como objetivo nesta Copa a classificação para as quartas de final, feito que o México não consegue desde a última vez em que sediou o Mundial, em 1986, há 28 anos.

Confira a lista dos 23 convocados pelo México para a Copa

Goleiros: Jesús Corona (Cruz Azul), Guillermo Ochoa (Ajaccio), Alfredo Talavera (Toluca)
 
Defesa: Paul Aguilar (América), Andrés Guardado (Bayer Leverkusen), Miguel Layun (América), Rafael Márquez (León), Héctor Moreno (Espanyol), Diego Reyes (Porto), Francisco Rodriguez (América), Carlos Salcido (Tigres).
 
Meio-campo: Marco Fabián (Cruz Azul), Hector Herrera (Porto), Juan Carlos Medina (América), Luis Montes (León), Carlos Peña (León), Juan Vázquez (León), Isaac Brizuela (Toluca)
 
Ataque: Oribe Peralta (Santos Laguna), Alan Pulido (Tigres), Javier "Chicharito" Hernández (Manchester United), Raúl Jiménez (América) e Giovani Dos Santos (Villarreal).
 
 
Últimas notícias Ver mais notícias