Silêncio na Vila! Santos adota 'esquema Kayke' para contratar mais reforços

Samir Carvalho
Do UOL, em Santos (SP)

  • Gilvan de Souza/ Flamengo

    Santos surpreendeu ao contratar Kayke e agora pretende repetir estratégia

    Santos surpreendeu ao contratar Kayke e agora pretende repetir estratégia

Após tentar contratar diversos jogadores para o setor de ataque recentemente, o Santos surpreendeu e fechou a contratação do atacante Kayke, ex-Flamengo e que estava no Yokohama Marinos, no último final de semana. O sucesso no acerto com o centroavante servirá de exemplo agora para a diretoria santista no mercado da bola.

O UOL Esporte apurou que a cúpula alvinegra adotou nesta semana uma postura diferente em relação aos reforços. O presidente Modesto Roma e companhia optaram por uma espécie de estratégia silenciosa nas próximas negociações.

A cúpula santista fez uma reunião e combinou que se esforçará ao máximo para esconder da imprensa os nomes dos jogadores que estão na mira do clube.

Por conta disso, o presidente Modesto Roma decidiu até não atender aos jornalistas nesta semana. Em seu lugar, assumiu o superintendente do clube, Dagoberto Santos, que possui postura distinta. Ele não fala sobre reforços e, inclusive, evita atender os telefonemas dos jornalistas.

A decisão foi tomada pois a diretoria santista chegou a conclusão que estava gerando desgaste com os torcedores. Isso porque diversos nomes foram especulados e não contratados, gerando falsa expectativa na torcida. Casos de Robinho, Cazares, Bernard, Tayson, Marinho, Clayton, Barcos e Luis Fabiano.

Além disso, a diretoria santista sempre teme a concorrência do Palmeiras no mercado da bola. Dois reforços do rival da capital para esta temporada, Alejandro Guerra e Keno, estavam apalavrados com o Santos, mas fecharam com o time alviverde.

Até o momento, o Santos contratou cinco reforços – os atacantes Kayke e Vladmir Hernandez, o zagueiro Cleber, o volante Leandro Donizete e o lateral ambidestro Matheus Ribeiro.

Além do quinteto, o Santos ainda tem esperanças de fechar com os atacantes Robinho, do Atlético-MG, e Bruno Henrique, ex-Goiás e que atua no Wolfsburg, da Alemanha. Já o zagueiro Felipe Trevizan, do Hannover, também da Alemanha, foi rejeitado pela diretoria santista.

 

 

 

 

 

Quer receber notícias do Santos de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.


Últimas notícias Ver mais notícias