Campanha do Palmeiras na Libertadores pode definir futuro de Yerry Mina

Diego Salgado
Do UOL, em São Paulo

  • Rubens Cavallari/Folhapress

    Mina celebra gol marcado clássico contra o São Paulo

    Mina celebra gol marcado clássico contra o São Paulo

O futuro do zagueiro Yerry Mina pode ser definido durante a campanha do Palmeiras na Libertadores. A boa campanha do Palmeiras na competição continental facilitaria a permanência do jogador colombiano no elenco alviverde.

Segundo apuração da reportagem do UOL Esporte, a situação do atleta de 22 anos está também vinculada aos passos do Palmeiras no torneio. Se o time chegar às fases mais agudas, aumentam as chances de Mina continuar no clube.

O Palmeiras estreia na Libertadores no dia 8 de março. O último jogo da equipe na primeira fase será disputado em 24 de maio. O torneio, então, terá uma pausa de seis semanas. Os times jogarão as primeiras partidas das oitavas de final nos dias 4, 5 e 6 de julho. Os jogos de volta estão marcados para 8, 9 e 10 de agosto.

Como mostrou o Blog do Perrone nesta quinta-feira (16), o Barcelona não está disposto a aceitar a prorrogação proposta pelo Palmeiras. O clube catalão prefere manter o direito de decidir a questão. A tendência neste momento é de fazer valer a cláusula, mas o Palmeiras ainda sonha em prorrogar a data.

O presidente Maurício Galiotte e o diretor Alexandre Mattos, inclusive, estão na Espanha para tentar alterá-la. A opção de compra do Barça vale desde que sejam pagos 9 milhões de euros (cerca de R$ 29,2 milhões) pelo atleta.

A janela de transferências da Europa se encerra no dia 31 de agosto. Duas semanas depois, a fase de quartas de final da Libertadores terá início, com jogos de ida e volta em sequência, com intervalo de apenas uma semana. A semifinal, por sua vez, será disputada apenas no fim de outubro. Já a decisão do título ocorrerá nos dias 22 e 29 de novembro. 

Mina foi contrato pelo Palmeiras em maio do ano passado, O ex-zagueiro do Santa Fe estreou no time paulista no dia 4 de julho, contra o Sport, na Ilha do Retiro. Em 15 jogos, o colombiano marcou quatro gols - três deles diante em clássicos contra Santos, São Paulo e Corinthians.

Últimas notícias Ver mais notícias