Torcida no CT e estádio lotado. Palmeiras mostra confiança na virada

Danilo Lavieri e José Edgar de Matos
Do UOL, em São Paulo

  • NEWTON MENEZES/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O clima no Palmeiras é de absoluta confiança na virada contra a Ponte Preta na semifinal do Paulistão. Campanha em redes sociais, torcida na porta do CT e mais de 36 mil ingressos vendidos são alguns dos elementos para que jogadores e comissão técnica acreditem que será possível reverter os 3 a 0 da primeira partida.

Centenas de torcedores aproveitaram o feriado de Tirandentes para ir à porta da Academia de Futebol nesta sexta-feira (21). Com faixas de apoio e palavras de incentivo, eles se aglomeram no local desde o fim da manhã. 

Até mesmo a Mancha Verde, principal torcida organizada do clube, distribuiu uma carta de incentivo com uma mensagem pessoal para a maioria dos atletas do elenco e para Eduardo Baptista (leia todos abaixo). Alguns deles inclusive se reuniram com os atletas e entregaram o documento pessoalmente.

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, Eduardo Baptista repetiu o discurso feito por Edu Dracena e Fernando Prass durante a semana e usou até a frase dos torcedores para mostrar que será possível ir à final do Estadual.

"É muito bom e isso (torcida na porta do CT) prova o seguinte: se eles acreditam é porque nós também temos que acreditar. Os 36 mil do estádio, os torcedores que vieram aqui em pleno feriado... Eles poderiam estar viajando, passeando, mas não. Ficaram aqui para apoiar o time. E essa reação deles reflete o que o Palmeiras tem feito dentro de campo. Contra o Wilstermann, contra o Peñarol. É acreditar até o apito final", afirmou o técnico.

Além da confiança do ambiente externo, Eduardo diz que o elenco tem certeza que poderá conseguir o resultado. O treinador disse que os atletas perceberam que não desempenharam um bom papel assim que o juiz encerrou o jogo em Campinas.

O técnico voltou a repetir que a passividade dentro do Moisés Lucarelli foi fator determinante para a derrota e disse que a situação incomodou bastante o elenco.

"Essa passividade que eu falei lá e falei agora foi sentida por eles. Eles se cobraram disso. E não é algo proposital. Após o jogo, eles sentiram isso e que as coisas não aconteceram. E eu me incluo neste contexto. Só esse reconhecimento já é um bom começo. E por isso a gente passou a trabalhar bastante nesta semana, em bola parada, ofensiva e defensiva e algumas situações para trazer o resultado".

O Palmeiras treina nesta sexta-feira mais uma vez com os portões fechados para a imprensa e se concentra até as 19h, quando entra em campo no Allianz Parque para conseguir a tão esperada virada.

Veja as mensagens enviadas para cada jogador pela Mancha em carta aberta:

Fernando Prass: Você teve a missão de substituir um ídolo, e após um tempo, um ídolo você se tornou. Algo raro e conquistado com muito trabalho e dificuldades. Nada foi maior que o esforço e o amor à camisa, nem as lesões, nem a idade, nada!

Jailson: Que grande surpresa! "Um tal de Jailson".. Até então um goleiro desconhecido, com a contratação contestada, que entrou em um momento delicado, mas com apoio e inspiração de Prass se estabeleceu como melhor goleiro do Nacional de 2016. E mais do que isso, mostrou espirito de grupo e humildade ao permanecer no elenco de 2017. O grande JAILSÃO DA MASSA!

Vinicius: Você esta na maior academia de goleiros do futebol mundial, apenas dedique-se que na hora certa seu nome será por nós altamente entoada nas arquibancadas do Palestra!

Jean: Campeão de tudo, consagrado, experiente e cobiçado por muitos times de dentro e fora do Brasil. Optou pelo Palmeiras e já se tornou campeão. Quando Jean não pode estar em campo, o antes criticado Fabiano, mostra que tem o brilho e a estrela de um campeão, com gols importantes e partidas seguras, fazendo jus ao ditado que diz que os humilhados um dia serão exaltados!

Egídio: Lateral 4 vezes campeão nacional, com cruzamentos precisos e passes milimétricos. Se entrar em campo amanhã, olhe para nós, "os de branco", porque lá estaremos cantando e vibrando 90 minutos para lhe empurrar para mais uma grande atuação.

Yerry Mina: Muita velocidade, impulsão, personalidade, jogador acima da média! Dá a impressão que nasceu para jogar no Palmeiras! Um verdadeiro xerife com a cara da Libertadores, a cara do titulo que é nossa obsessão. Um zagueiro de nível mundial, para ficar na história do clube ao lado de ídolos como Luís Pereira.

Edu Dracena: Contratado de nosso maior rival, muitos disseram que o seu futebol estava em decadência. Teve que trabalhar muito para ganhar a titularidade e nesse ano dá gosto de ver seu comando na zaga. Um multicampeão de carreira consagrada e com passagens pela seleção, que hoje, mostra folego de garoto e esforço de palmeirense.

Para completar nosso trio de zagueiros, o artilheiro Victor Hugo! Carismático, rápido, em franco desenvolvimento, um zagueiro fantástico que sempre honrou nossa camisa e nunca negou esforço. Temos ainda as promessa de futuro Antonio Carlos e Thiago Martins, e com isso ficamos tranquilos sabendo que nosso elenco tem uma "defesa que ninguém passa".

Zé Roberto: Você não escorregou contra a ponte Zé...Você escorregou contra o Cruzeiro, na jogada que simboliza a conquista do titulo nacional que desejamos por 22 anos! E tem mais, quantos rivais não fizeram chacota de seu discurso homérico na chegada ao Palmeiras? Tiveram que amargamente engolir suas palavras, pois esse elenco fez jus ao que foi dito e fez o Palmeiras GIGANTE de novo. Bola pra frente, cabeça erguida, sábado você será fundamental!

Felipe Mello: Atitude e personalidade, é o cara que morde e que briga, mas que ao mesmo tempo é companheiro e amigo de todos os atletas. Já jogou uma Copa do Mundo, fez sua carreira na Europa em times tradicionais. Voltou para o Brasil e optou pelo Palmeiras. Repetindo, OPTOU PELO O PALMEIRAS. Enquanto os maldosos da imprensa o taxavam de violento e encrenqueiro, que iria prejudicar o time com expulsões, trabalhou e deixou que o tempo mostrasse que eles estavam errados. Pitt Bull: você tem tudo para entrar na galeria de ídolos e ser eternizado, respeitado e amado por milhões.

Thiago Santos: Um grande volante! Voluntarioso, dedicado, sem bola perdida, do jeito que a torcida gosta. Para ser ídolo não precisa ser craque, precisa ser sujeito homem. Força Thiago Santos.

Arouca: Volante multicampeão, desejo antigo de qualquer diretoria que passou pelo Palmeiras! Força e vontade, estamos ao seu lado por uma grande volta por cima.

Guerra: O melhor jogador da Libertadores de 2016, meia clássico como há muito não se via no cenário brasileiro. Chegou em outro país, com outra cultura e com a pressão de ser o melhor. A sua falha no clássico não abalou sua confiança. Já ganhou o nosso respeito, sabe e joga muita bola. Tem visão de jogo e inteligência. Nunca esqueça, a esperança é verde, e a nossa esperança é GUERRA!

Tche-Tche: Sua origem humilde reflete 90% dos membros de nossa entidade, meninos com sonhos, com garra e vontade de vencer na vida. Joga com facilidade, disposição e habilidade, parece estar jogando na várzea com os amigos. A vontade que demonstra em campo é nítida e possível de ser sentida da arquibancada. Você é o pulmão do time, você dá força para o nosso pulmão na arquibancada. Você é um espelho para a nossa molecada.

Michel Bastos: Esquecido em seu antigo clube, jogador desacreditado e taxado como problemático. Grande contratação do Palmeiras, pois todos sabíamos do seu talento, capacidade e experiência. No primeiro jogo pelo clube, entrou em campo, chamou a torcida, colocou fogo na partida. Sua qualidade técnica e versatilidade são ímpares. Não se preocupe com o que passou, agora você fará uma grande história em um time de HOMENS, um time com brio, exatamente como é o seu perfil.

Willian: O famoso "Bigode"! Atacante com estrela, com sorte de artilheiro, com ímpeto, com faro de gols. Atacante que vai para cima da zaga adversária com vontade de atropelar. Conquistou seu espaço e vem conquistando a torcida. A sua mensagem nas Redes Sociais após a ultima partida é o que esperamos, é algo que nos orgulha. Não gostamos e não queremos perder, e sua mensagem de insatisfação mostra que a sua sintonia e do elenco é a mesma que a nossa! VITÓRIA!

Borja: Após a longa negociação e uma mudança de vida complexa, criamos muita expectativa no seu futebol, assim como temos calma e paciência para que ele se desenvolva. No sábado seus gols começarão a escrever a sua página na história do Palmeiras e no coração de mais de 18 milhões de torcedores. "OLELE OLALA O BORJA VEM AI E O BIXO VAI PEGAR!" Você tem o cheiro de gol e é artilheiro nato!

Dudu: O pequeno/grande Guerreiro! Habilidoso, nosso capitão! O cara do chapéu. Vários adjetivos para um grande jogador. Comparado ao ídolo Edmundo. Você é jovem, já conquistou respeito e já fez historia no Palmeiras, com gols decisivos e 2 títulos nacionais. Dudu: saiba que você é motivo de orgulho da nossa torcida.

Roger Guedes: O visionário. Comemora antes os gols, e na arquibancada alguns fazem isto, típica atitude de torcedor, de querer vencer. Você tem bola e um futuro brilhante. O Palmeiras de hoje é forte porque tem jogadores de alto nível como você.

Keno: Chegou calado e nos calou, nos calou na bola. Excelente jogador taticamente e também na sua habilidade. A oportunidade em um time grande pode ter demorado, mas chegou em um GIGANTE! Agarre com todas as forças.

Alecsandro: O Alecgol! Um dos jogadores mais campeões do elenco, experiência e bagagem necessárias em qualquer campanha vencedora. Exemplo de profissionalismo e comportamento, um atleta que sabemos que vai contribuir sempre que necessário!

Rafael Marques: Rafael "dos clássicos" Marques. Você tem estrela, tem liderança no grupo, tem postura e papel de campeão. Quem conhece dos bastidores sabe o quanto você é essencial para essa rapaziada. E somos gratos ao carrasco dos gambás, somos gratos por manter a humildade e união do grupo.

Vitinho: Jovem promessa alviverde, desejado por gigantes europeus, e com grande potencial. O jogador por vir nos próximos anos.


Rafael Veiga: A forma de jogar nos faz lembrar um tal Alex, vindo do mesmo clube, que aqui fez uma grande trajetória. Siga com o trabalho, honre essa camisa, que o resultado será de vitórias e conquistas. Confiamos em você!

Erik: A importância de um atleta esta na sua disposição de ajudar o time e aos seus companheiros, e pela vontade que se tem de representar a torcida pela qual se esta jogando. Corra como Euller, o filho do vento, e nos traga a vitória hoje e sempre.

Ah Sim! "Ele"... o comandante Eduardo Baptista. O Palmeiras não caiu na sua vida por um acaso. Pressão e cobrança são coisas com as quais você cresceu acostumado. Cada nome que foi citado nessa carta, são homens com os quais você trabalha e comanda no dia a dia. Nunca se esqueça: um time sem comando é como um carro sem direção.

Assumir o atual campeão brasileiro, apos a saída de um técnico que foi campeão e era querido pela torcida, não é tarefa para covardes, e sim para grandes e corajosos. Esqueça a cobrança da sensacionalista imprensa, que sempre faz de tudo para tumultuar o ambiente do clube, e mostre sua capacidade e dee sua resposta levantando títulos e colecionando histórias. O PALMEIRAS é forte. Tem um elenco forte e, para comanda-lo você é o cara certo! Com o tempo, calará a imprensa e trará muito orgulho ao seu pai. O Palmeiras te proporcionará Glórias, e respeito mundial. Lute por esse Paulista, ganhe a libertadores, lute pelo Brasileiro e Copa do Brasil. O seu nome ficará na história dos maiores treinadores da S.E.PALMEIRAS!

Últimas notícias Ver mais notícias