Vasco ignora saída de presidente do conselho fiscal e nega debandada

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Paulo Fernandes / Flickr do Vasco

    Eurico Miranda fez reunião emergencial após saída de presidente do conselho fiscal

    Eurico Miranda fez reunião emergencial após saída de presidente do conselho fiscal

Ignorando em documento a saída do presidente do conselho fiscal, Otto Alves de Carvalho Júnior, a diretoria do Vasco realizou uma reunião emergencial em São Januário e emitiu um comunicado assinado pelos outros presidentes dos poderes dos clubes e dos vice-presidentes em que há uma manifestação de apoio ao mandatário Eurico Miranda.

No conteúdo, os dirigentes negam a possível debandada destacada pelo UOL Esporte na revelação exclusiva da saída de Otto, que além de deixar o cargo, fará oposição a Eurico na eleição de novembro e poderá até se candidatar à presidência.

A reportagem, no entanto, reafirma que existe a possibilidade de novas renúncias até o pleito, assim como ocorreu com o presidente do conselho fiscal e com José Luiz Moreira, ex-vice de futebol e que, atualmente, conversa com membros da oposição.

Veja abaixo os comunicados assinados por presidentes de poderes e vice-presidentes:

Dos presidentes dos poderes (sem a assinatura do presidente do conselho fiscal Otto Alves)

"Diante de notícias inverídicas veiculadas na imprensa, os presidentes dos poderes do Club de Regatas Vasco da Gama reafirmam que continuam no pleno exercício da suas funções em clima de absoluta normalidade institucional e estreia colaboração com a diretoria administrativa em defesa dos interesses maiores do nosso clube."

Dos vice-presidentes

"Os vice-presidentes do Club de Regatas Vasco da Gama, tendo em vista o noticiário distorcido sobre uma eventual "debandada" de seus integrantes, desmentem o teor e reafirmam total compromisso com o presidente Eurico Miranda à frente da diretoria administrativa. Os vice-presidentes do Vasco sempre entenderam que a unidade de ação é fundamental para que o clube supere as dificuldades criadas em passado recente."

Clique aqui para ver os documentos originais assinados

Últimas notícias Ver mais notícias