Organizada do São Paulo protesta contra a diretoria na porta do Morumbi

José Eduardo Martins
Do UOL, em São Paulo

  • José Eduardo Martins

    Manifestação da organizada Independente

    Manifestação da organizada Independente

A principal organizada do São Paulo, a Independente, fez um protesto na porta do Morumbi neste domingo, antes da partida contra o Atlético-MG, pelo Campeonato Brasileiro. A manifestação era contra a diretoria do clube, por conta da negociação das revelações David Neres, Lyanco e Luiz Araújo nesta temporada.  

"A Independente continuará com o movimento unidos pelo São Paulo e apoiaremos o time. Porém, a gente quer jogador, vamos cobrar jogador, reforços. E estamos protestando contra a diretoria em que sentido? Cotia recebe para quê? Nossos craques nascem em Cotia, não chegam a jogar no São Paulo e já são vendidos. Não têm vínculo algum com o clube. Isso não pode estar acontecendo. Algo de errado acontece lá", Henrique Gomes, o Baby, presidente da torcida Independente. 

No total, cerca de mil torcedores estavam na porta do estádio. Outra reivindicação era por conta da situação do zagueiro Lugano. Ídolo no clube, o zagueiro tem contrato com o São Paulo só até o fim deste mês e a diretoria ainda não definiu se vai renovar o acordo. 

"Em relação ao Lugano, queremos saber: renova ou não? Não cabe a nós. Cabe à comissão técnica e a diretoria resolverem. Mas a pergunta fica aí: sete jogos no ano por que? A gente é a favor do melhor para o São Paulo. Se ele falar que tem condições de honrar o manto, como sempre fez, a gente vai apoiar. Ele como ídolo que sofre em uma derrota, sabe se serve ou não para continuar no elenco", afirmou Henrique. 

Últimas notícias Ver mais notícias