Após renovação de Harden e chegada de Chris Paul, Rockets estão à venda

Do UOL, em São Paulo

  • Twitter/Reprodução

    Chris Paul é apresentado nos Rockets ao lado do gerente Daryl Morey e do técnico Mike D'Antoni

    Chris Paul é apresentado nos Rockets ao lado do gerente Daryl Morey e do técnico Mike D'Antoni

Pouco tempo depois de ampliar o contrato de James Harden e trazer o armador Chris Paul, o Houston Rockets foi colocado à venda pelo proprietário Leslie Alexander. Tad Brown, presidente da equipe, foi o responsável pelo anúncio em uma entrevista coletiva nesta segunda-feira (17).

"Leslie Alexander colocou o Houston Rockets à venda. Ele sente que foi uma grande alegria e prazer em sua vida ter sido o dono do Houston Rockets. Os grandes jogadores, técnicos e jogadores de Hall da Fama, títulos vencidos... a conexão com a comunidade nos últimos 24 anos foi uma oportunidade incrível que ele amou", declarou Brown.

Tad Brown ainda afirmou que não há pressa pela venda da franquia e que Leslie Alexander planeja encontrar o comprador certo para o negócio. Sob a propriedade de Alexander, os Rockets foram campeões da NBA em 1994 e 1995 - período em que Michael Jordan largou o basquete para jogar beisebol.

Em uma última avaliação da revista "Forbes", divulgada em fevereiro, a franquia do Texas foi avaliada em US$ 1,65 bilhão, ocupando o oitavo lugar entre os times mais valiosos da NBA. Segundo o jornal "Houston Chronicle", Alexander pagou US$ 85 milhões em 1993 para adquirir o time.

A última franquia da NBA a ser vendida foi o Atlanta Hawks, em 2015, por US$ 850 milhões (o time vale US$ 885 milhões atualmente segundo a "Forbes"). Um ano antes, no entanto, o Los Angeles Clippers foi comprado por Steve Ballmer, ex-CEO da Microsoft, por US$ 2 bilhões – na mesma época, o Milwaukee Bucks foi negociado por US$ 550 milhões.

Últimas notícias Ver mais notícias