Inter fala em cuidar da mente para voltar a jogar no Beira-Rio

Do UOL, em Porto Alegre

  • Jeferson Guareze/AGIF

    Inter de Guto Ferreira caiu para o sétimo lugar após derrota para o CRB

    Inter de Guto Ferreira caiu para o sétimo lugar após derrota para o CRB

O lado mental do Internacional será trabalhado. Depois de perder para o CRB, o Colorado se prepara para voltar ao estádio Beira-Rio e quer um comportamento diferente do time. Com apenas uma vitória em casa na Série B, o time gaúcho almeja evitar desespero e pretende manter diálogos internos para ter atuação inteligente contra o Luverdense.

Na terça-feira, o time retorna ao seu estádio depois de duas rodadas jogando como visitante. A campanha fora do Beira-Rio é que sustenta o desempenho atual.

"Todo jogo é importante, seja fora ou dentro. Mas no Beira-Rio é mais difícil. O adversário fica todo fechado. Então nós temos que ser inteligentes para sair deste sistema defensivo fechado", disse o goleiro Danilo Fernandes.

Para ter uma estratégia inteligente diante de adversários retrancados, o Inter irá explorar o lado psicológico da equipe. Evitando o desespero e tomadas de decisão açodadas em campo.

"O trabalho principal é com a mente dos jogadores. E também junto ao torcedor, que jogue junto. Que possamos fazer a virada juntos", disse Guto Ferreira.

Até aqui, o Inter jogou seis vezes no estádio Beira-Rio na Série B e só ganhou do Náutico. A cobrança por um desempenho melhor como mandante voltou a ocorrer pela derrota diante do CRB. O revés em Maceió derrubou o time gaúcho para o sétimo lugar na tabela.

Últimas notícias Ver mais notícias