Mayweather promete que luta com McGregor não chegará ao final

Ag. Fight

  • Diego Ribas/Ag. Fight

    Mayweather durante treino em Las Vegas

    Mayweather durante treino em Las Vegas

Foyd Mayweather e Conor McGregor irão travar a luta mais aguardada do ano. A disputa de boxe que reúne o invicto pugilista contra o campeão peso-leve (70 kg) do UFC ganha apelo midiático e levanta questionamentos sobre o poder de fogo do irlandês em um ringue. Alheio a isso, seu rival promete não dar moleza ao estreante.

Em conversa com jornalistas durante o treino aberto realizado na última quinta-feira (10) na cidade de Las Vegas (EUA), Mayweather prometeu agressividade que não é de seu costume diante do lutador de MMA. E como resultado, um final abreviado deve ser esperado pelos fãs que acompanharem a disputa.

"Não vai durar os 12 rounds. Ele quer entrar lá para terminar a luta logo. Eu quero entrar lá para acabar com a luta logo. Então não vai durar 12 rounds. Eu vou entrar lá e fazer o que eu tiver que fazer. Ele diz que não vai durar 12 rounds, eu digo que não vai durar 12 rounds, então vamos ver como a luta vai se desenhar no dia 26 de agosto", garantiu o atleta invicto em 49 lutas profissionais, que deixou claro que seu amplo favoritismo nas bolsas de apostas não atrapalhou sua preparação.

"Ele é apenas mais um adversário. Não subestimo ninguém. Se estou preocupado? Claro que não. Se ele está preocupado? Talvez ele esteja, mas isso não é da minha conta. Estou preocupado em fazer o meu melhor e em lutar no meu melhor ", provocou.

Ao perceber os questionamentos sobre a polêmica que envolveu McGregor nos últimos dias, quando seu principal sparring abandonou o camp após fotos do treinamento que indicavam um possível knockdown sofrido foram divulgadas, Mayweather se manteve afastado.

"Essa briga entre o Conor e o Paulie não é minha. O meu trabalho é entrar lá para lutar com o McGregor no meu melhor".

Últimas notícias Ver mais notícias