Gabriel Jesus marca em estreia na Champions, e City goleia o Feyenoord

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters/Carl Recine

Gabriel Jesus não fez uma atuação de gala em sua primeira partida em uma edição da Liga dos Campeões. Apesar disso, o brasileiro fez o que mais se espera dele: gol. Na tranquila vitória do Manchester City sobre o Feyenoord, fora de casa, por 4 a 0, o atacante foi o responsável pelo terceiro tento do clube inglês.

Está é a segunda competição continental por clubes que Gabriel Jesus atua na carreira. No último ano, o atacante balançou as redes quatro vezes cinco jogos do Palmeiras na Libertadores.

No outro jogo do grupo na rodada, o Shakhtar Donetsk venceu o Napoli por 2 a 1, na Ucrânia.

Na próxima rodada, o Manchester City fará seu primeiro jogo em casa na atual edição da Liga dos Campeões. A equipe inglesa enfrentará o Shakhtar Donetsk no dia 26 de setembro. No mesmo dia, o Feyenoord visita o Napoli.

O primeiro "alô, mãe" na Liga dos Campeões

Reuters/Carl Recine

O gol de Jesus aconteceu aos 25 minutos do primeiro tempo. Depois de a defesa holandesa afastar, Mendy soltou a bomba e o goleiro Brad Jones deu rebote. Em posição legal, o brasileiro apenas completou para o gol vazio.

Na comemoração, o tradicional gesto em homenagem à mãe marcou presença.

Zagueiro aproveita cruzamentos para marcar duas vezes

AP Photo/Peter Dejong

A marcação de bola parada do Feyenoord deixou muito a desejar na partida desta quarta-feira. E quem aproveitou foi o zagueiro John Stones. Em duas oportunidades, o defensor cabeceou para balançar as redes.

A primeira aconteceu logo aos 2 minutos da primeira etapa, após cruzamento de David Silva. Já aos 17 minutos do segundo tempo, De Bruyne foi quem cruzou para Stones balançar as redes.

Agüero também marca

Reuters/Carl Recine

O segundo dos quatro gols marcados pelo City na partida saiu dos pés de Sergio Agüero. Aos 10 minutos da primeira etapa, Walker avançou pela direita e cruzou para o argentino pegar de primeira e balançar as redes holandesas.

Ederson volta com capacete

REUTERS/Michael Kooren

O goleiro Ederson chegou a ser dúvida para a partida contra o Feyenoord. No final de semana, o jogador deixou a partida contra o Liverpool em uma maca após choque com Mané, que acertou a chuteira no rosto do brasileiro.

No duelo desta quarta-feira, Ederson começou como titular, mas utilizou um capacete de proteção, muito semelhante com o usado por Petr Cech.

Últimas notícias Ver mais notícias