Lutador americano explica como perdeu parte do dedo em acidente

Ag. Fight

  • Rigel Salazar

    Ed Herman tenta acertar soco em C.B. Dollaway durante luta pelo UFC

    Ed Herman tenta acertar soco em C.B. Dollaway durante luta pelo UFC

Recentemente, o lutador Ed Herman publicou nas redes sociais uma foto bem forte - para dizer o mínimo - do seu dedo machucado nessa terça-feira (12). Por bem, pouco depois da foto viralizar na internet e virar tema de notícias no mundo do MMA, o americano explicou o que de fato ocasionou essa lesão.

Em conversa com o site "MMA Fighting" o meio- pesado (93 kg) do Ultimate explicou que sua casa estava sem água por quase duas semanas, por isso, ele contratou um especialista para consertar o poço que abastecia sua residência. Porém, para economizar com uma segunda pessoa fazendo o serviço, o atleta decidiu ajudar, mas a solicitude acabou dando errado.

Herman contou que se precipitou e não checou se o cano estava bem preso. Quando ele viu que um dos grampos começou a cair, o seu instinto foi segurar e foi aí que o infeliz ocorrido se deu. Depois do acidente, o "Short Fuse" precisará passar por uma cirurgia para colocar um implante e substituir a parte do dedo arrancada.

"Eu enfiei a minha mão em direção ao poço para segurar o cano que estava caindo. Antes que pudesse soltar, o grampo prendeu a ponta do meu dedo e a arrancou. Felizmente, de alguma forma eu soltei ou teria arrancado os meus quatro dedos. É um pouco de sorte isso não ter acontecido. Foi algo muito idiota", explicou Herman.

Apesar de precisar passar por uma cirurgia e, provavelmente, perder a função do dedo indicador, o atleta, que tem duas derrotas seguidas no UFC, se mostrou otimista para continuar lutando e treinando. Para ele, os dedos restantes vão continuar fazendo o trabalho necessário.

"Eu acho que não .É como um meio dedo. Possivelmente, faz parte da firmeza, como quando eu estou agarrando em volta do pulso ou quando estou fazendo o treinamento com o quimono. Agora, eu só terei três dedos para usar, mas eles devem me ajudar a fazer um bom trabalho. Não deve ser um problema", explicou o americano, aparentemente confortável com a situação.

Últimas notícias Ver mais notícias