Marcos Rocha provoca após lateral decisivo: "mais uma vez o São Paulo caiu"

Enrico Bruno e Victor Martins
Do UOL, em Belo Horizonte

Aos sete minutos do segundo tempo, de pênalti, o Atlético-MG fez o único gol do triunfo por 1 a 0 sobre o São Paulo, no Independência. A jogada se originou de um lateral batido por Marcos Rocha e terminou com Bruno Alves derrubando Valdívia dentro da área. Protagonista da jogada, o lateral atleticano lembrou de outro lance de lateral que entrou para a história dos confrontos dos dois clubes.

Pela Copa Libertadores de 2013, Atlético e São Paulo se enfrentaram logo na primeira rodada da fase de grupos. Também no Independência, o Galo venceu por 2 a 1, com gols de Jô e Réver. Aloísio descontou para os paulistas. A jogada que ficou marcada naquela partida aconteceu aos 12 minutos e resultou no primeiro gol da noite.

Ronaldinho foi pedir um pouco de água para Rogério Ceni e ficou sem nenhum marcador por perto. Foi então que Marcos Rocha cobrou o lateral e encontrou o então camisa 10 atleticano livre, que apenas rolou para Jô fazer 1 a 0. Lance que foi relembrado por Marcos Rocha após mais um lateral decisivo contra o São Paulo.

"Ali já estava guardado há muito tempo. O Oswaldo pediu para tentar surpreender o adversário com o lateral e mais uma vez o São Paulo caiu nessa jogada".

Com a vitória nessa quarta-feira, o Atlético chegou aos 37 pontos no Campeonato Brasileiro e se aproximou do G-7. São apenas dois pontos atrás do Flamengo, que ainda não entrou em campo pela 27ª rodada. Já o São Paulo pode voltar para a zona de rebaixamento. Para que isso não aconteça, a equipe tricolor torce contra Ponte Preta, Fluminense e Sport, que enfrentam Santos, Flamengo e Vitória, respectivamente.

Últimas notícias Ver mais notícias