Sport encerra jejum, bate Vitória e "devolve" São Paulo à zona da degola

Do UOL, em São Paulo

Depois de nove rodadas, o Sport enfim voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. A vítima foi o Vitória, que manteve a sina de ser o pior mandante do torneio ao ser derrotado por 2 a 1 pelo time pernambucano nesta quinta-feira, no Barradão. Diego Souza fez o primeiro gol e deu assistência para o segundo. Tréllez descontou.

Com o resultado, a equipe do técnico Vanderlei Luxemburgo dá um salto na tabela, saindo da 17ª para a 11ª colocação, com 33 pontos. Pior para o São Paulo, que permaneceu com 31 ao perder para o Atlético-MG na noite de quarta e volta a abrir a temida zona da degola. Já o Vitória aparece em 12º, com 32.

O duelo em Salvador opunha dois rubro-negros que, além da ameaça do rebaixamento, conviviam com jejuns incômodos. A equipe baiana não vence como mandante desde 2 de agosto, quando bateu a Ponte Preta, e somou apenas 9 de 42 pontos possíveis em casa. O Sport, por sua vez, não sabia o que era ganhar (seja dentro ou fora de casa) desde 30 de julho.

Apesar da posição delicada e do retrospecto não muito animador, os dois times fizeram um primeiro tempo movimentado no Barradão, com chances de gol, boas defesas de Caíque e Magrão e polêmica (os donos da casa reclamaram de pênalti em Neilton, não marcado pela arbitragem). No fim, o Sport, que teve mais posse de bola, foi premiado. Diego Souza abriu o placar em bela cobrança de falta aos 46 minutos. 

Já o segundo tempo teve outro cenário. Os donos da casa pressionavam em busca do empate, enquanto os visitantes aguardavam uma chance de contra-atacar. Isso aconteceu aos 20 minutos, quando André deu ótimo passe em profundidade para Diego Souza. O camisa 87 partiu em velocidade e cruzou para Lenis, livre, completar para as redes. O colombiano se emocionou muito após o gol (a avó dele está internada com grave problema de saúde). 

O Vitória tentou correr atrás e ainda descontou com outro colombiano (Tréllez, aproveitando sobra da defesa aos 39 minutos), mas não evitou mais um tropeço em seus domínios e deixou o Barradão sob vaias dos mais de 17 mil torcedores que foram ao estádio nesta tarde de feriado. André Lima ainda foi expulso pouco antes do fim, ao levar o segundo amarelo após matar contra-ataque dos pernambucanos.

O Sport volta a campo no próximo domingo, quando encara o Atlético-MG na Ilha do Retiro. Um dia depois, a equipe do técnico Vagner Mancini terá novamente que correr atrás do prejuízo como visitante. O rival será o Santos, no Pacaembu.

Últimas notícias Ver mais notícias