Barcelona se acerta com Arthur e planeja nova reunião com o Grêmio

Jeremias Wernek
Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Divulgação

    Arthur, 21 anos, tem multa rescisória de 50 milhões de euros (R$ 203,5 milhões)

    Arthur, 21 anos, tem multa rescisória de 50 milhões de euros (R$ 203,5 milhões)

O Barcelona avança na negociação por Arthur. O clube espanhol já tem acerto salarial com o volante e planeja uma nova reunião com o Grêmio na próxima semana. Há otimismo entre as partes de que o acordo será alcançado. O jogador seguirá no Brasil até dezembro, tal qual havia sido pedido pelo Tricolor no último encontro com o time catalão.

O acerto entre Barça e Arthur foi noticiado pelo jornal Mundo Deportivo, da Espanha, e confirmado pelo UOL Esporte.

Arthur deve assinar um contrato de cinco anos com o Barcelona. O acordo, claro, ainda depende de acerto com o Grêmio. O clube gaúcho já se reuniu por duas vezes com emissários espanhóis e deve ter um outro encontro antes do fim do mês.

Segundo apurou o UOL Esporte, a comitiva do Barça chega a Porto Alegre no início da próxima semana. Ao contrário das duas primeiras vezes, é provável que um dirigente catalão participe para dar mais peso as negociações. Até então, o clube europeu era representado por André Cury, empresário autorizado pelos catalães a negociar pelo volante.

Arthur tem contrato com o Grêmio até 2021 e antes do título da Libertadores recebeu expressivo aumento. A multa rescisória foi estipulada em 50 milhões de euros (R$ 203,5 milhões na cotação atual). O Tricolor detém 60% dos direitos econômicos do volante e exige 30 milhões de euros (R$ 122 milhões) por sua parte.

Na última reunião, além de pedir para ficar com Arthur até dezembro, o Grêmio também solicitou uma cláusula para receber cerca de 6 milhões de euros (R$ 24,4 milhões) mediante renovação do jogador no Camp Nou. Essa pedida é motivada pela ideia de que o volante não deve deixar o Barcelona, impedindo lucro com venda futura.

Últimas notícias Ver mais notícias