Marcelo e Dani Alves são destaques em duelo entre Neymar e C. Ronaldo

Do UOL, em São Paulo

Daniel Alves já teve mais rivalidade com Marcelo quando defendia o Barcelona, mas o duelo particular entre os dois chamou a atenção nesta quarta-feira (14), na vitória de virada do Real Madrid sobre o Paris Saint-Germain, por 3 a 1, no jogo de ida das oitavas da Liga dos Campeões.

Marcelo levou vantagem pela vitória e pelo gol feito aos 41 do segundo tempo, mas a primeira cena da batalha entre os dois laterais brasileiros ocorreu aos nove minutos de jogo, quando o placar ainda estava zerado e o jogador do Real tentava dominar a bola pela esquerda do ataque merengue.

Para evitar o cruzamento na área, onde estavam Benzema e Cristiano Ronaldo, Dani Alves atropelou o colega de seleção, que caiu com a mão esquerda no chão. É importante destacar que o atleta do PSG começou a gesticular imediatamente para chamar o atendimento médico para Marcelo, que voltou ao campo alguns minutos depois.

A jogada que abriu o segundo tempo manteve o tom da respeitosa rivalidade entre os dois amigos. No primeiro minuto, Marcelo fez o giro, deu um belíssimo drible em Daniel Alves e levantou a torcida do Real, embora a sequência do lance tenha sido improdutiva.

Mas a lei do retorno se fez valer no Santiago Bernabéu: cerca de dois minutos depois, na intermediária do gramado, Dani Alves deu um corte seco no amigo pessoal e companheiro de seleção brasileira. No entanto, Marcelo recebeu de Asensio aos 41, fez o terceiro gol merengue e dificultou a missão do time francês.

Além do duelo entre os dois laterais, a partida teve contornos tensos. Rabiot abriu o placar para o PSG, mas Cristiano Ronaldo fez dois gols (um de pênalti) e selou a virada.

Últimas notícias Ver mais notícias