Repórter ofendida por treinador diz: 'fomos a uma coletiva e não a um bar'

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Titti Improta disse que se incomodou também com risadas de jornalistas após declaração do técnico do Napoli

    Titti Improta disse que se incomodou também com risadas de jornalistas após declaração do técnico do Napoli

A jornalista Titti Improta lamentou a conduta do treinador do Napoli, Maurizio Sarri. Durante uma coletiva de imprensa, o técnico disparou: "Só não te mando tomar no c... porque você é uma mulher e bonita".

A repórter relata que Sarri pediu desculpas pessoalmente após a entrevista. Ela afirma ter se incomodado com as risadas dos jornalistas ao lado quando o treinador fez a declaração.

"Eu acho que ele não percebeu a seriedade do que ele disse, mas reconheci a maneira como ele se despediu porque estava de fato constrangido. Eu me senti ofendida como mulher e como profissional. Estávamos numa coletiva de imprensa e não em um bar. Devemos ter cuidado com as palavras. Isso vale para todos os envolvidos. Por sinal, as risadas de meus colegas me machucaram profundamente", disse Improta a "Gazetta dello Sport"

O incidente aconteceu nesse domingo, após empate do Napoli por 0 a 0 com a Internazionale de Milão, fora de casa.

Improta, de 43 anos, trabalha há 25 anos no Canal 21, de Nápoles. A jornalista conta que não foi a primeira vez que ouviu grosserias de entrevistados. Segundo ela, o presidente do Napoli Aurelio De Laurentiis teria dito em 2012 que "deixaria a repórter nua dentro de campo".

Últimas notícias Ver mais notícias