Liderado por Alex Cowboy, esquadrão brasileiro invade UFC Phoenix

Ag. Fight

  • William Lucas/Inovafoto

    Alex Cowboy comemora vitória sobre K.J. Noons no UFC Goiânia

    Alex Cowboy comemora vitória sobre K.J. Noons no UFC Goiânia

No que depender de escalação, o Brasil terá muitas oportunidades para sair vencedor no UFC Phoenix - evento marcado para este sábado (14), nos Estados Unidos. Das 14 lutas confirmadas no show, cinco serão protagonizadas por brasileiros. Inclusive o co-main event da noite, em que Alex 'Cowboy' e o ex-campeão interino dos meio-médios (77 kg), Carlos Condit, subirão ao octógono para um duelo.

Depois do adversário original de Condit, Matt Brown, se lesionar, o Cowboy foi o escolhido para "tapar o buraco" e salvar o evento. Apesar de entrar no card de última hora, o brasileiro é o favorito no combate dentro das casas de apostas e promete entrar com força total no octógono.

Entre os nomes confirmados para o show, Gilbert Durinho foi o único atleta que teve problemas durante a pesagem, mas conseguiu ficar dentro do peso máximo permitido na divisão peso-leve (70 kg) depois do tempo extra dado pela Comissão Atlética de Nevada (NAC). De duelo confirmado pós o susto, o faixa-preta de jiu-jitsu tem o estreante Dan Moret pela frente e a oportunidade de voltar a engatar uma sequência de vitórias no UFC.

Seguindo a contagem, Wilson Reis é outro que representará o Brasil nos Estados Unidos este sábado. O peso-mosca (57 kg) vem de duas derrotas consecutivas no octógono e terá pela frente John Moraga - que venceu nas suas últimas duas atuações - e uma boa chance para reencontrar o caminho de vitórias. Ainda no topo do ranking oficial da divisão, a sexta colocação, o brasileiro foi escalado para enfrentar o décimo na listagem feita pelo UFC.

Também confirmados no UFC Phoenix, Antônio Carlos Cara de Sapato enfrentará Tim Boetsch, pela divisão peso-médio (84 kg). Embalado por uma sequência de quatro vitórias, essa pode ser a oportunidade perfeita para o paraibano se consagrar como um dos 15 melhores nomes na categoria. Do outro lado do octógono, o 'Bárbaro' sofreu um revés e tem um resultado positivo em suas últimas atuações.

Ainda no card preliminar do evento, Dhiego Lima e Yushin Okami terão uma chance para espantar a má fase e voltarem a vencer. Os meio-médios se enfrentarão pelos meio-médios e, enquanto o brasileiro vem de duas derrotas consecutivas, seu rival foi derrotado uma vez no seu histórico recente.

Confira o card completo do UFC Phoenix abaixo:

Peso-leve (70 kg): Dustin Poiries x Justin Gaethje
Peso meio-médio (77 kg): Carlos Condit x Alex Caubói
Peso-médio (84 kg): Israel Adesanya x Marvin Vettori
Peso-palha (52 kg): Michelle Waterson x Cortney Casey
Peso-médio (84 kg): Tim Boetsch x Antônio Cara de Sapato
Peso meio-médio (77 kg): Muslim Salikhov x Ricky Rainey
Peso-mosca (57 kg): Wilson Reis x John Moraga
Peso-médio (84 kg): Krzysztof Jotko x Brad Tavares
Peso-leve (70 kg): Gilbert Durinho x Dan Moret
Peso-mosca (57 kg) feminino: Shana Dobson x Lauren Mueller
Peso meio-médio (77 kg): Dhiego Lima x Yushin Okami
Peso-pesado: Arjan Bhullar x Adam Wieczorek
Peso-galo (61 kg): Matthew Lopez x Alejandro Pérez
Peso-galo (61 kg): Luke Sanders x Patrick Williams

Últimas notícias Ver mais notícias