Na NFL, técnico será investigado por denúncia de assédio datada de 1996

Do UOL, em São Paulo

  • Carlos Osorio/AP Photo

    Matt Patricia, técnico do Detroit Lions na NFL, teria cometido assédio durante a faculdade

    Matt Patricia, técnico do Detroit Lions na NFL, teria cometido assédio durante a faculdade

O técnico do Detroit Lions na NFL, Matt Patricia, será alvo de uma investigação da própria liga referente a denúncias de assédio sexual. A informação foi anunciada nesta quinta-feira (10) por Brian McCarthy, porta-voz da entidade.

Patricia foi denunciado após um incidente ocorrido ainda na década de 90, quando era estudante de engenharia aeronáutica e jogador de futebol americano da Rensselaer Polytechnic Institute, uma faculdade de Nova York. Na época, tinha 21 anos.

Segundo o jornal Detroit News, o treinador e um amigo passavam dias de folga em South Padre Island, uma cidade do Texas, em 1996. Durante o passeio, os dois teriam invadido o quarto de hotel de uma turista e a assediaram. O caso, no entanto, foi arquivado por falta de depoimento da vítima.

Em entrevista coletiva nesta quinta-feira, Matt Patricia se disse inocente. Em comunicado lido aos jornalistas, o treinador disse que pretendia defender sua honra e limpar seu nome. "Fui falsamente acusado de alegações muito graves", disse o treinador na nota - sem mencionar se houve sexo consensual com a acusadora e sem dar explicações sobre os ocorridos na ocasião.

Segundo o jornal The New York Times, a cúpula do Detroit Lions desconhecia as acusações ao treinador. Matt Patricia foi anunciado pelo time em 5 de fevereiro, mas a contratação foi suspensa nesta quarta-feira (9) após a divulgação das denúncias. Entre 2004 e 2017, ele passou pela comissão técnica do New England Patriots.

Últimas notícias Ver mais notícias