Seis anos depois, vítima de tiroteio em cinema dos EUA vai jogar na NFL

Do UOL, em São Paulo

Zack Golditch tem história para contar. O mais novo 'rookie' da NFL acertou neste sábado (12) pelo Los Angeles Chargers, quase seis anos após sobreviver ao Massacre em Aurora.

Na ocasião, em 20 julho de 2012, Golditch estava em um cinema quando um homem de 24 abriu fogo contra o público durante uma sessão do filme "Batrman: O Cavaleiro das Trevas". Doze pessoas foram assassinadas e mais de 50 ficaram feridas. Uma destas foi Zack, cujo pescoço foi atingido por uma bala que havia atravessado uma das paredes da sala de cinema ao lado.

Divulgação/La Chargers
Guard Zack Golditch chega ao LA Chargers quase seis anos após tragédia

Ele jogava futebol americano no colégio naquela época e já estava comprometido com a Colorado State University, mas precisou deixar o futebol americano de lado durante a recuperação. Golditch perdeu quase um mês de treinos antes de sua temporada sênior no High School, mas ainda assim avançou no jogo e agora chega à NFL.

"Acho que todo o mundo que passa por uma experiência de quase-morte tem uma visão diferente da vida", diz o jogador. "Isso se aplica à minha vida agora, o que aconteceu me fez uma pessoa mais humilde. Me fez também tirar vantagem de cada oportunidade que me é dada, e foi isso que me trouxe até aqui", acredita Zack Golditch.

A oportunidade atual, nos Chargers, é mais do que bem-vinda. Aos 23 anos, o Guard foi contratado como agente livre, tendo recebido a ligação da franquia após não ser selecionado no draft.

Últimas notícias Ver mais notícias