Romero estoura peso em segunda chance e não disputa cinturão no UFC 225

Ag. Fight

  • Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

Pela segunda vez consecutiva, Yoel Romero vai entrar em uma luta por cinturão sem poder conquistá-lo. O cubano usou as duas horas que lhe foram concedidas após a primeira pesagem, em que excedeu o limite dos médios (84 kg) em 400 gramas, mas não obteve êxito, ficando cerca de 90 gramas acima do máximo permitido.

Desta forma, o duelo deste sábado (9), contra Robert Whittaker, deve valer o título apenas para o australiano, a depender de uma negociação que deverá ser feita entre os lutadores. Se Romero vencer, a cinta permanecerá com o campeão - o duelo pode também ser cancelado e não acontecer.

Mais cedo, o cubano foi o último lutador do evento a subir na balança e pesou 84,4 kg. Como em disputas de título não há a libra (0,45 kg) de tolerância, ele não ficou apto a ganhar o cinturão em caso de vitória.

Romero também não bateu o peso em seu último confronto, diante de Luke Rockhold, pelo título interino da categoria. Na ocasião, o atleta subiu à balança com 85,1 kg, nocauteou o adversário, mas não se tornou campeão por causa da falha na véspera.

Yoel e Robert já lutaram uma vez, também valendo a cinta interina, em julho de 2017. Naquela oportunidade, Whittaker evitou as quedas do cubano, cresceu durante a luta e obteve o título na decisão unânime dos juízes.

Últimas notícias Ver mais notícias