Morre Zé Carlos, segundo jogador que mais atuou pelo Cruzeiro

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Senna / Cruzeiro

    Zé Carlos, ídolo do Cruzeiro, faleceu aos 73 anos

    Zé Carlos, ídolo do Cruzeiro, faleceu aos 73 anos

O Cruzeiro perdeu um de seus maiores ídolos. Segundo jogador que mais vestiu a camisa do clube, Zé Carlos, de 73 anos, faleceu na manhã desta terça-feira (12). A causa da morte não foi revelada.

O próprio clube lamentou o fato em uma nota assinada pelo presidente Wagner Pires de Sá.

"Todos nós, da família Cruzeiro, manifestamos neste momento de dor o nosso carinho, compaixão e solidariedade aos amigos, familiares e fãs de Zé Carlos, que sempre terá um cantinho especial no coração de cada cruzeirense e dos amantes do bom futebol", escreveu o mandatário do clube.

Nascido em Juiz de Fora-MG, ele foi o segundo jogador que mais vestiu a camisa do clube, em 633 oportunidades, e defendeu o Cruzeiro entre os anos de 1966 a 1978.

Zé Carlos fez parte de grandes times da história do Cruzeiro e conquistou troféus importantes como a Taça Brasil de 1966 e a Copa Libertadores da América de 1976. Ele ainda foi campeão mineiro em nove oportunidades.

O ex-jogador defendeu ainda o Sport de Juiz de Fora, o Guarani-SP (onde foi campeão brasileiro em 1978) e o Villa Nova-MG.

O Cruzeiro não foi o único a lamentar o falecimento de Zé Carlos. O Guarani-SP também o fez por meio de seu perfil no Twitter.

"Com profundo pesar, o Guarani Futebol Clube informa e lamenta o falecimento do ex-meia Zé Carlos. Campeão Brasileiro com o Bugre em 1978, o ex-jogador faleceu nesta terça-feira, aos 73 anos, em Belo Horizonte. Descanse em paz, Zé Carlos", escreveu.

Últimas notícias Ver mais notícias