Veja confusão entre Dudu e Cuéllar que motivou expulsão de seis jogadores

Do UOL, em São Paulo

Uma confusão generalizada marcou os últimos minutos do duelo entre Palmeiras e Flamengo, nesta quarta-feira (13). Dudu e Cuéllar se estranharam, e logo os dois times inteiros entraram no empurra-empurra. O saldo final foi de seis expulsos: Jonas, Cuéllar e Henrique Dourado de um lado; Jailson, Luan e Dudu de outro.

O tumulto começou com Dudu, que sofreu falta de Cuéllar, irritou-se e empurrou o flamenguista. Então os jogadores dos dois bancos de reservas invadiram o campo, assim como as comissões técnicas. Um dos mais exaltados, Jailson saiu de seu gol para dar uma gravata em Jonas. A proporção foi tamanha, que os árbitros se reuniram para decidir quem seria punido.

O apitador Bráulio da Silva Machado distribuiu seis cartões vermelhos. Dudu e Cuéllar foram expulsos por terem começado o tumulto. Jailson e Jonas também, pelo duelo particular que tiveram. O zagueiro palmeirense Luan e o atacante flamenguista Dourado, que estavam no banco de reservas, levaram o cartão vermelho pelo protagonismo. O entrevero continuou no túnel, onde jogadores dos dois times trocaram xingamentos e empurrões.

Quando a partida foi reiniciada, o meio-campista Moisés assumiu as luvas de Jailson e foi para o gol do Palmeiras, que já tinha feito suas três substituições a esta altura. Mas não deu tempo de o camisa 10 ser testado como goleiro: o árbitro, que tinha dado cinco minutos de acréscimos antes da confusão, encerrou o jogo segundos após reiniciá-lo.

As suspensões serão cumpridas apenas após o período de Copa do Mundo. Em 18 de julho, pela 13ª rodada, o Flamengo recebe o São Paulo no Maracanã; e no dia seguinte o Palmeiras tem clássico contra o Santos no Pacaembu.

Últimas notícias Ver mais notícias