Estrela da WWE afirma que derrotaria algoz de 'CM Punk' em luta no UFC

Ag. Fight

A conexão entre UFC e WWE, maior liga de telecatch dos EUA,  têm dado o que falar recentemente. O mais novo caso é o de Daniel Bryan, astro multicampeão de pro-wrestling que parece querer seguir os passos de 'CM Punk', ao demonstrar interesse em competir pela maior liga de MMA do mundo.

O alvo de Daniel é Mike Jackson, lutador americano que venceu CM Punk no UFC 225 em Chicago por decisão unânime. Em uma curta aparição em uma 'live' no Instagram de sua esposa Brie Bella, o astro da WWE comentou que poderia derrotar Jackson em uma luta de MMA.

"Eles me perguntaram se eu poderia vencer Mike Jackson em uma briga. Eu poderia vencê-lo no chão, com certeza, eu acho. Se a WWE me deixasse lutar no UFC, talvez ", declarou Bryan. Não demorou muito para Jackson se pronunciar sobre o assunto. Em entrevista ao site 'FanSided', o lutador se mostrou surpreso com a declaração da estrela da WWE, mas ao mesmo tempo motivado para derrotar mais um pro-wrestler.

"Ele diz: 'Cara, eu posso derrotá-lo no chão em uma luta do UFC'. Veja Daniel Bryan, eu vou fazer com você pior do que eu fiz com o seu amigo Punk, porque eu não terei nenhuma pena em dar um soco na cara dele com minha máxima potência. Se Daniel Bryan quer a fumaça, me chame de homem da chaminé, porque eu tenho a fumaça", alfinetou Mike.

Para que a luta de fato aconteça, 'The Truth' terá que fazer as pazes com Dana White. O presidente do UFC demonstrou sua insatisfação e aborrecimento com o desempenho do lutador,  ao anunciar a dispensa de Mike.

"Mike Jackson... Eu não estou feliz com esse cara. Ele agiu como um idiota essa noite. Você ganha essa oportunidade de vir e lutar contra CM Punk e você dá socos estúpidos no corpo quando está por cima? Em nenhum momento pareceu que ele teve a intenção de finalizar a luta, e parecia que ele podia ter encerrado o combate algumas vezes, mas não tentou. Eu não sei o que esse cara fazia para ganhar a vida antes dessa oportunidade, mas o que quer que seja, ele precisa voltar a fazer isso de novo. Para mim ele tem zero vitória e duas derrotas", disse Dana, após o UFC 225.

A sorte de Jackson pode mudar caso o presidente se interesse pela oportunidade dessa luta dele contra Daniel Bryan e o reinsira em seus planos no UFC. O astro do telecatch é um fã de MMA de longa data e faixa azul de jiu-jitsu. Ele chegou a se aposentar da WWE em 2016 após seguidas concussões, porém voltou à ativa esse ano após o aval de uma equipe médica especializada.

Últimas notícias Ver mais notícias