Vasco vence LDU, mas perde muitos gols e é eliminado da Sul-Americana

Bruno Braz
Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Leo Correa/AP

    Pikachu não teve grande atuação e fez falta na eliminação do Vasco na Sul-Americana

    Pikachu não teve grande atuação e fez falta na eliminação do Vasco na Sul-Americana

A torcida fez bela festa e lotou o estádio. Em campo, o Vasco bem que tentou, mas o único gol da simples vitória por 1 a 0 sobre a LDU, em São Januário, não foi suficiente. Os cariocas haviam perdido por 3 a 1, no Equador, e estão eliminados da Sul-Americana. Clique aqui e assista aos melhores momentos.

Na próxima fase, a LDU medirá forças com o Deportivo Cali-COL. Ao Vasco resta apenas o Campeonato Brasileiro na atual temporada, já que o time foi eliminado da Libertadores, Copa do Brasil e, agora, Sul-Americana.

Quem foi bem? Thiago Galhardo

Antonio Lacerda/EFE

O apoiador teve grande atuação e foi a principal arma ofensiva do time desde os primeiros minutos do jogo. Pena que o restante do time não o acompanhou e esteve bem abaixo do que se espera.

Quem foi mal? Giovanni Augusto

Se o companheiro foi o destaque positivo, ele ficou bem abaixo. O ex-jogador do Corinthians tem qualidade, mas raramente consegue mostrar com a camisa do Vasco. Sumido, apenas apanhou em campo.

"Pikachu é seleção"

Antes da bola rolar, um dos destaques do Vasco recebeu uma bela homenagem da torcida. Yago Pikachu teve seu desempenho recente elogiado pelas arquibancadas que pediu sua convocação na hora de gritar o nome do lateral/meia na escalação. O jogador retribuiu o gesto com um aceno para os fãs.

Multidão se atrasa e causa confusão

Com o jogo marcado para 19h30, cena comum no futebol brasileiro, as torcidas sofreram com trânsito e chegaram para o duelo atrasado. Com 25min do primeiro tempo, era possível ver muitos vascaínos adentrando no estádio. Nos arredores, a multidão gerou alguma confusão e teve que ser contida pela polícia com spray de pimenta.

Vasco pressiona

O Vasco partiu para cima logo que o jogo começou. Com bom início pelas beiradas, Luiz Gustavo chegou até a linha de fundo e cruzou na medida para Rios se antecipar à zaga e arrancar o primeiro grito da torcida.

LDU responde

Os equatorianos responderam na bola aérea com Anangonó. O grandalhão fez dois gols no primeiro jogo e seguia dando muito trabalho na partida de volta. Ele ganhou de cabeça e mandou tirando tinta da trave.

Galhardo quase marca

Uma das grandes opções ofensivas do Vasco, Thiago Galhardo estava muito ligado no jogo. O camisa 8 aproveitou boa jogada de Yago Pikachu pela direita, e driblou o adversário no domínio. De frente para Gabbarini, chutou chapado, mas viu a defesa da LDU crescer e evitar o primeiro do Vasco.

Anderson acerta a trave

Em jogo bastante aberto, a LDU dava mostras de que não veio a Rio de Janeiro a passeio e via em Anangonó  sua principal arma. O grandalhão conseguiu toque de cabeça e deixou Anderson em boas condições. O equatoriano chutou firme e acertou a trave de Martín Silva.

Vasco arrisca chutes, mas para em Gabbarini

Com bom volume de jogo, o Vasco forçava em busca do primeiro gol em São Januário. Ao chegar na intermediária, os jogadores não pensavam duas vezes em testar o goleiro Gabbarini. O argentino evitou a inauguração do placar, mas não passava muita confiança nas defesas.

Jorginho coloca Caio Monteiro e é chamado de "burro"

Aos 23min do segundo tempo, o técnico Jorginho tentou mudar o time do Vasco e chamou o jovem Caio Monteiro. Ele já havia queimado duas substituições por conta de lesões. Portanto, o jovem atacante era sua última cartada. A torcida não gostou e o xingou de "burro".

Vasco bombardeia e faz gol no fim do segundo tempo

O Vasco tentou desde os primeiros minutos. Apesar de forte pressão, o gol saiu apenas nos minutos finais do segundo tempo com Thiago Galhardo. Após derrota por 3 a 1 no Equador, o time precisava de mais um gol para ficar com a vaga nas oitavas de final.

VASCO 1 X 0 LDU

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Hora: 19h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Mario Diaz de Vivar (PAR)
Auxiliares: Juan Zorrila (PAR) e Roberto Cañete (PAR)
Cartões amarelo: Gabbarini, Guerrero (LDU) Pikachu e Luiz Gustavo (VAS)
Gol: Thiago Galhardo, aos 40min do segundo tempo

Vasco
Martin Silva, Luiz Gustavo, Breno (Ricardo Graça), Henríquez (Raúl) e Ramon; Desábato (Caio Monteiro) e Andrey; Giovanni Augusto, Yago Pikachu e Thiago Galhardo; Andrés Rios
Técnico: Jorginho

LDU
Gabbarini, Quintero, Guerra, Salaberry e Chalá; Orejuela e Vega; Anderson Julio, Johan Julio e Guerrero; Anangonó
Técnico: Pablo Repetto

Últimas notícias Ver mais notícias