Lais Souza conta como é ficar em pé de novo: "voltei a olhar olho no olho"

Karla Torralba
Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Instagram

    Laís Souza com os animais de estimação

    Laís Souza com os animais de estimação

Lais Souza se mudou há seis meses para Vitória-ES para viver com a namorada. Não imaginava que mudar de cidade faria tão bem para sua recuperação. Morando perto da praia, Lais vive uma vida mais saudável e isso ajuda em sua saúde mental e física.

A ideia de trocar São Paulo por Vitória foi por praticidade a princípio. "Minha mulher é daqui e, como comecei a vir muito para cá, acabei me apaixonando pela cidade", disse Lais ao UOL.

A ex-ginasta mora com a mulher, o cachorro Stunt e o gato Baguera. "A qualidade de vida é bem melhor. Estou descobrindo a cidade e meu lado mais tranquila. Desde ter o mar, sentir a liberdade da natureza, alimentação e tudo. Foi um presente que me dei. Não me arrependo de ter saído [de São Paulo]. O tempo que ficava no trânsito, agora, eu fico na praia", explicou.

O tratamento da lesão na coluna que sofreu há quatro anos agradeceu. Os treinamentos diários continuam com um fisioterapeuta e a evolução é sempre mostrada aos fãs nas mídias sociais. Incluindo um dos exercícios mais marcantes: com a ajuda de um estabilizador, há quase um ano Lais voltou a ficar em pé.

"Eu normalmente fico uma hora, uma hora e meia tranquilona, em pé. É uma sensação muito gostosa de voltar a ficar na minha altura, olhar olho no olho da pessoa. O meu cachorro e o gato acham diferente sair da cadeira. Ficam passando em frente à minha perna, ficam pulando. Eles são grudadinhos e vão para onde eu vou. Eu me sinto especial e eles sentem", contou.

A posição abre algumas possibilidades para a ex-ginasta. Mais que aproveitar o momento, consegue fazer exercícios na posição vertical que não consegue quando está sentada e sua pressão arterial fica controlada.

A mudança para Vitória também fez Lais encontrar seu lado aventureira. "Fora de Vitória dá para sair para fazenda. No comecinho do ano, fui em um vale gigante e pulei de parapente. Estou numa vida aventureira. Penso em adaptar o windsurfe também. Eu falei com o Fernando Fernandes (campeão mundial de para-canoagem), que tem feito o esporte, para adaptar", explicou.

Lais e a namorada estão juntas há mais de um ano. Para ela, o fato de morar junto é quase um casamento, mas não quer pensar em oficialização. "Eu ainda não parei para pensar em casamento, mas tenho vontade de ter filho. Tudo vai acontecendo devagar".

Últimas notícias Ver mais notícias