Emprestado pelo Barça, Turan é interrogado por agressão e porte de arma

Do UOL, em São Paulo

  • David Ramos/Getty Images

A confusão envolvendo Arda Turan, jogador que pertence ao Barcelona e está emprestado ao Basaksehir, e o cantor Berkay Sahin segue sendo investigada. Nesta quinta-feira (11), o atacante turco prestou depoimento por cerca de três horas para a polícia local, segundo informou a agência DHA.

Na última quarta-feira (10), Turan teria quebrado o nariz do cantor pop Berkay Sahin em uma casa noturna de Istambul após fazer comentários impróprios sobre a mulher do artista.

A imprensa turca relata que, após agredir Sahin, Turan, portando uma arma, foi até o hospital onde o cantor estava internado. O meia negou que compareceu ao hospital. Turan pode ser acusado de agressão, assédio sexual à esposa de Sahin e porte de arma.

Arda Turan, de 31 anos, foi revelado pelo Galatasaray, e, entre 2011 e 2015, defendeu as cores do Atlético de Madri. O meia colecionou boas atuações no time do técnico Diego Simeone e assinou contrato com o Barcelona ainda em 2015. No entanto, não teve muito espaço no clube catalão e foi emprestado ao modesto Basaksehir, de Istambul.

Últimas notícias Ver mais notícias