Torcida protesta contra momento do Atlético-MG na porta da Cidade do Galo

Thiago Fernandes
Do UOL, em Belo Horizonte

O elenco do Atlético-MG escutou protestos de membros de uma torcida organizada na tarde desta quinta-feira (11) nas imediações da Cidade do Galo. Torcedores da GDR Alvinegra foram ao local para cobrar uma melhora dos atletas na reta final do Campeonato Brasileiro.

Os atleticanos estiveram na entrada principal do CT e fizeram algumas cobranças. Uma viatura da Polícia Militar de Minas Gerais acompanhou o protesto de perto. O ato foi considerado pacífico pela equipe de segurança.

Ricardo Oliveira, artilheiro do time na temporada com 18 gols, se parou o veículo na porta do centro de treinamento e conversou com os torcedores que estiveram no local. Outros atletas também pararam.

De volta à equipe após cumprir suspensão automática no revés para a Chapecoense, Iago Maidana fez a análise sobre o protesto da torcida. O zagueiro crê que os atleticanos que foram ao CT têm direito de reclamar.

"Eles vieram fazer a parte deles como torcedor, vieram cobrar. Falamos que a gente também não está satisfeito, que a gente queria estar em uma posição melhor e vencido na última partida. A insatisfação é de todos. A gente se cobra muito. Eles têm todo direito de fazer isso, claro, sem agressão e sem cabeça quente", declarou.

"Eu parei e escutei o que eles tinham para falar. A gente quer dar para eles felicidade e vencer todos os jogos, mas eles têm que entender que estamos dando o máximo. Queremos vencer os jogos e chegar o quanto antes lá em cima", acrescentou.

As reclamações da torcida ocorrem por conta dos resultados recentes do Galo no Campeonato Brasileiro. O time vem de um resultado negativo na 28ª rodada. Os comandados de Thiago Larghi foram derrotados pela Chapecoense por 1 a 0 na Arena Condá.

O Galo, hoje, ocupa a sexta colocação do Brasileirão, com 45 pontos. A equipe está seis pontos à frente do Santos, sétimo, e tem a mesma diferença para o Grêmio, na quinta colocação.

Últimas notícias Ver mais notícias