Ex-rival de Aldo se junta a Jones, Cyborg e Amanda em card do UFC 232

Ag. Fight

  • Alexandre Loureiro/inovafoto

    José Aldo acerta golpe em Chad Mendes durante a luta principal do UFC Rio 5

    José Aldo acerta golpe em Chad Mendes durante a luta principal do UFC Rio 5

Chad Mendes é o mais novo atleta confirmado para o estrelado card do UFC 232, que será o último show de 2018 da organização e acontecerá no dia 29 de dezembro, em Las Vegas (EUA). O ex-rival de José Aldo e o seu oponente, Alexander Volkanovski, vão se juntar a nomes como Jon Jones, Alexander Gustafsson, Cris Cyborg e Amanda Nunes em um dos mais aguardados eventos do ano.

Mendes já disputou o cinturão dos pesos-penas (66 kg) da organização em três oportunidades - em 2012, 2014 e 2015 -, as duas primeiras contra o brasileiro José Aldo e a última, pelo interino, contra Conor McGregor. À época do encontro com o brasileiro, Aldo vivia o seu auge no UFC e, assim, conseguiu a vitória nas duas lutas, por nocaute na primeira ocasião e por decisão unânime na segunda.

Após sucumbir para o manauara, Mendes ainda enfrentou grandes nomes da organização, como Conor McGregor e Frankie Edgar, mas também não conseguiu triunfar. Agora agendado para enfrentar o australiano Volkanovski, conforme anunciou em seu perfil nas redes sociais, Chad terá a oportunidade de manter uma sequência, já que superou Myles  Jury em seu último desafio, em julho. O americano não entrava no octógono desde dezembro de 2015, pois havia sido suspenso por dois anos, em 2016, após falhar em exame antidoping.

Aos 33 anos, Chad Mendes busca agora um recomeço na carreira, na qual acumulou, até o momento, 18 triunfos e quatro derrotas como lutador profissional de MMA. Já o seu próximo oponente, Volkanovski, também somou 18 vitórias no cartel, mas teve apenas uma derrota nos octógonos, em 2013, quando ainda competia no AFC, liga australiana de artes marciais mistas.

Últimas notícias Ver mais notícias