Tribunal de Paris rejeita pedido para anular processo contra Karim Benzema

Da EFE, em Paris

  • REUTERS/Charles Platiau

    Advogados de atacante (centro) devem recorrer em caso de processo por chantagem ao meia Mathieu Valbuena (à esquerda)

    Advogados de atacante (centro) devem recorrer em caso de processo por chantagem ao meia Mathieu Valbuena (à esquerda)

O Tribunal de Apelação de Paris rejeitou nesta quinta-feira o pedido de anulação do processo contra o atacante francês Karim Benzema, do Real Madrid, e outras cinco pessoas, acusadas de chantagear o meia Mathieu Valbuena, atualmente no Fenerbahçe.

Com a decisão, os advogados do camisa 9 informaram à Agência Efe, que irão até o Supremo Tribunal da França para tentar uma nova apelação. No recurso avaliado hoje, a defesa apontou que toda a investigação estava "viciada" pela presença de um policial infiltrado, que se fez passar por um representante de Valbuena.

Leia também:

O meia, que atuou pelo Olympique de Marselha e disputou a Copa do Mundo no Brasil, foi chantageado por um grupo de pessoas pela existência de um vídeo com conteúdo sexual. Para a defesa, o policial provocou infração, com sua atuação.

A favor dos acusados, estava a decisão de julho de 2017 do Supremo, que anulou a decisão de outro tribunal de validar a investigação.

De acordo com Sylvain Cormier, um dos advogados de Benzema, será formalizado um recurso para que os juízes do Supremo se pronunciem de forma definitiva sobre o caso.

Últimas notícias Ver mais notícias