Junior Barranquilla bate Santa Fé e coloca um pé na final da Sul-Americana

Bogotá, 8 nov (EFE).- Com gols de Teófilo Gutiérrez e do lateral Marlon Piedrahita, o Junior Barranquilla conseguiu nesta quinta-feira um valioso triunfo por 2 a 0 em sua visita ao Independente Santa Fé no jogo de ida de uma das semifinais da Copa Sul-americana, e se aproximou de sua primeira final continental.

No duelo disputado no estádio El Campín de Bogotá, o Junior impôs seu jogo com uma destacada atuação de Gutiérrez, do meia Jarlan Barrera e do ponta Luis Díaz, que lhes permite sonhar com a final que não alcançaram no ano passado após perder para o Flamengo.

O VAR também foi protagonista na noite de hoje, já que o árbitro o utilizou duas vezes. A primeira para validar o gol de Gutiérrez, que o juiz de linha havia questionado por um impedimento inexistente, e a segunda para expulsar o zagueiro Javier López, do Santa Fé, por uma falta violenta sobre Barrera.

O Santa Fé, dirigido pelo uruguaio Guillermo Sanguinetti, terá que para reverter a situação complicada fora de casa, no próximo dia 29 de novembro, quando enfrentará o Junior no estádio Metropolitano Roberto Meléndez de Barranquilla.

O vencedor do duelo jogará a final contra quem passar na disputa entre Fluminense e Atlético Paranaense, que saiu na frente ontem ganhando o jogo de ida em Curitiba por 2 a 0.

Últimas notícias Ver mais notícias