Durant pode perder mansão de R$ 45 mi; veja atletas afetados por incêndio

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Redfin.com

    Mansão de Kevin Durant fica em Malibu, uma das regiões afetadas pelo fogo

    Mansão de Kevin Durant fica em Malibu, uma das regiões afetadas pelo fogo

O incêndio que atinge a Califórnia, nos Estados Unidos, desde quinta-feira (8) vem fazendo estragos e destruindo casas. Alguns atletas e ex-atletas estão entre os afetados, como é o caso de Kevin Durant, ala do Golden State Warriors.

O jogador tem mansão em Malibu, uma das áreas mais afetadas pelo fogo, mas ainda não se pronunciou sobre o estado de sua casa. Durant comprou o imóvel, avaliado em 12 milhões de dólares (cerca de R$ 45 milhões na cotação atual), em abril deste ano.

Quem acabou mais prejudicado até agora foi Eric Wynalda, ex-jogador da seleção de futebol dos EUA. Ele publicou no Twitter que a casa dele foi totalmente destruída no incêndio. "Perdemos nossa casa, mas estamos bem. Você pode reconstruir casas, trocar pertences, mas não substituir a vida", escreveu.

Já 20 membros do Los Angeles Rams, time da NFL, têm casas nas áreas de evacuação, entre eles o quarterback Jared Goff. Já Caitlyn Jenner, que foi campeã olímpica no decatlo nos Jogos de Montreal, em 1976, antes da transição de gênero, teve sua residência parcialmente danificada pelo fogo. Ela adquiriu o imóvel em 2015 por 4,6 milhões de dólares (cerca de R$ 17,3 milhões na cotação atual).

Outro ex-atleta que evacuou sua casa foi Wayne Gretzky, um dos maiores jogadores de hóquei no gelo da história. Ele deixou a residência em Thousand Oaks, comprada em abril deste ano por 13,5 milhões de dólares (cerca de R$ 51,5 milhões na cotação atual) e está no Canadá. A situação é a mesma de Paul Pierce, ex-jogador da NBA, que também deixou a casa dele em Calabasas.

Por fim, LeBron James revelou que consegue ver o fogo à distância da casa dele, em Brentwood, mas ainda não precisou evacuar o local. A mansão é avaliada em 23 milhões de dólares (cerca de R$ 87,8 milhões na cotação atual).

Últimas notícias Ver mais notícias