Colômbia expressa condolências pela morte de Eduardo Campos

Bogotá, 14 ago (EFE).- O governo da Colômbia expressou nesta quinta-feira suas "mais sentidas condolências" pela morte em um acidente aéreo de Eduardo Campos, candidato do PSB à presidência.

O Ministério das Relações Exteriores colombiano expressou as condolências em comunicado no qual também estendeu seu pesar pelas outras vítimas do acidente.

"Além de lamentar esta irreparável perda, fazemos extensivo nosso acompanhamento às famílias dos falecidos e ao Brasil neste doloroso momento", diz o comunicado.

Campos morreu na quarta-feira junto com outras seis pessoas quando o avião no qual viajava caiu na cidade de Santos, quando se dirigia a São Paulo para cumprir compromissos de campanha.

Segundo as últimas pesquisas, o político de 49 anos, ex-governador de Pernambuco, ocupava o terceiro lugar nas intenções de voto para as eleições presidenciais de 5 de outubro.

Últimas notícias Ver mais notícias