Papa Francisco irá visitar Chile e Peru em janeiro de 2018

LIMA (Reuters) - O papa Francisco viajará ao Chile e ao Peru em janeiro do próximo ano, a primeira visita de um chefe da Igreja Católica aos dois países desde o final da década de 1980, confirmou nesta segunda-feira o encarregado de negócios da Nunciatura da Santa Sé no Peru, Grzegorz Piotr Bielaszka.

Francisco estará entre os dias 15 e 18 de janeiro no Chile, nas cidades de Santiago, Iquique e Temuco, e no Peru entre 18 e 21 do mesmo mês para visitar Lima, Trujillo e Puerto Maldonado, disse o funcionário em uma coletiva de imprensa.

A visita ao Chile e ao Peru, que será sua 21a viagem apostólica desde que assumiu como líder da igreja, estava sendo cogitada há meses, quando se anunciou que o papa ainda poderia visitar Argentina e Uruguai. A visita a estes dois últimos países não foi confirmada em Lima nem em Santiago.

"Para todos nós é motivo de muita alegria esta visita do santo padre Francisco, é uma visita apostólica, é uma visita pastoral; devemos nos regozijar, alegrar, porque também vai exigir uma preparação adequada", disse o monsenhor Miguel Cabrejos em uma coletiva de imprensa.

O falecido papa João Paulo 2º esteve no Chile em 1987, e visitou o Peru em 1985 para uma visita apostólica e em 1988 para um Congresso Eucarístico.

"Isto vai marcar um antes e um depois: antes agitação, depois moralidade e tranquilidade, por isso é tão importante esta visita" ao Peru, disse o presidente Pedro Pablo Kuczynski, que participou da mesma coletiva de imprensa.

No caso do Chile, a viagem do primeiro papa latino-americano ocorrerá só dois meses antes de a presidenta socialista Michelle Bachelet finalizar seu mandato.

Como parte de sua atenção especial pela América do Sul, o papa Francisco precederá estas viagens de uma visita à Colômbia em setembro. 

(Por Marco Aquino; reportagem adicional de Ursula Scollo em Lima e Antonio de la Jara em Santiago)

Últimas notícias Ver mais notícias