Papa Francisco se reúne com 30 refugiados em Roma

SÃO PAULO, 19 JUN (ANSA) - O papa Francisco se reuniu com um grupo de 30 refugiados nesta segunda-feira (19) e elogiou o trabalho de "fraternidade" feito pelos estrangeiros. O grupo é ajudado pela Igreja Católica em Roma, na Itália.   

O encontro privado ocorre um dia antes da celebração do Dia Internacional do Refugiado, comemorado no dia 20 de junho. Em um dos poucos momentos registrados pelos jornalistas, Jorge Mario Bergoglio agradeceu tanto "aqueles que acolheram" bem como aqueles que "aceitaram ser acolhido", informou a agência católica italiana "Ecclesia".   

O sucessor de Bento XVI recebeu um cartaz, das mãos de cinco crianças, em que estava escrito agradecimentos em diversos idiomas.   

"Obrigado Papa Francisco por abrir o seu coração e as portas da Igreja", dizia uma das mensagens.   

A visita também ocorre há quase dois anos do pedido de Francisco para que cada paróquia católica na Itália acolhesse, ao menos, uma família de refugiados em meio à grave crise migratória que atinge a Europa.   

Os acolhidos na igreja fazem parte da ação "Era forasteiro e vocês me abrigaram,", um referência a uma passagem bíblica dita por Jesus Cristo. Ao todo, participam do projeto 38 paróquias e institutos religiosos que abrigam 121 pessoas. A ação tem a parceria da ONG católica Caritas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Últimas notícias Ver mais notícias