Vídeos e fotos mostram o horror de um cruzeiro em pleno "ciclone bomba" na costa leste dos EUA

do BOL, em São Paulo

Os passageiros a bordo do cruzeiro norueguês Breakaway, que saiu de Nova York para Bahamas no dia 29 de dezembro, passaram por momentos de horror ao cruzar com um "ciclone bomba" no Oceano Atlântico na semana passada. 

De acordo com informações do Daily Mail, o "ciclone bomba" foi registrado por alguns passageiros em vídeos que presenciaram ondas gigantescas balançando o navio, a água invadindo seu interior, gente passando mal com o balanço sem controle, objetos que se moviam de forma desenfreada e outras cenas assustadoras no Breakaway.

Em entrevista à CBS News de Nova York, Christina  Mendez, uma dos 4 mil passageiros a bordo do cruzeiro, contou que a viagem "foi um inferno". Ela relata que o capitão do cruzeiro não deu informações precisas sobre a situação do navio.

"Ele nunca nos disse onde estávamos, quão longe de Nova York, quantas milhas por hora". Christina também disse que seus filhos ainda estão muito assustados com a experiência: "Eles vão se lembrar quando viram uma senhora cair do teto, vão se lembrar de vomitar em todos os lugares, vão se lembrar de tudo o que ouviram e viram", concluiu. 

Segundo o Daily Mail, a passageira Brenda Walsh-Matias também relatou o pânico sofrido no cruzeiro: "Foi a coisa mais assustadora que já experimentei. As ondas eram muito altas, parecia que o barco ia se partir em dois. Vi crianças chorando, pessoas marejadas vomitando por todo o barco".

Um usuário do Twitter, LA4Life, divulgou que o capitão simplesmente repetiu uma mensagem dizendo: "Estamos otimizando a velocidade para reduzir o impacto"."Nenhuma informação, sem atualizações, mais de 3 dias de ondas ásperas e a família inteira doente, trancada dentro de um navio inclinado. Desgraçado", escreveu o internauta.

Reprodução

A empresa Norwegian Cruise Line afirmou que o Breakaway encontrou condições climáticas muito mais fortes que as previstas. Em depoimento a CBS News, a passageira Christina  Mendez disse acreditar que o cruzeiro cometeu um erro ao continuar viagem e espera que eles admitam a responsabilidade.

O Daily Mail informou que muitos passageiros estão tentando pedir reembolso pela viagem catastrófica, porém receberam apenas um crédito de U$S 500 para utilizar em outra viagem.

Apesar da força do ciclone bomba que atingiu o Oceano Atlântico, o cruzeiro Breakaway chegou a Nova York no dia 5 de janeiro sem incidentes graves.

O fenômeno natural

O "ciclone bomba" é uma onda de frio brutal originada por uma queda vertiginosa na pressão atmosférica. O fenômeno é acompanhado de ventos fortes e muita neve.

(Com informações do Daily Mail e CBS News)

Quer receber conteúdo de graça por mensagem no seu Facebook? Clique AQUI e digite 'Notícias' no Messenger. É muito simples! 

Últimas notícias Ver mais notícias