EUA negam discussão com Israel sobre anexação de assentamentos da Cisjordânia

JERUSALÉM (Reuters) - Os Estados Unidos classificaram como falsa uma afirmação de Israel nesta segunda-feira que indicou os dois países têm discutido a possibilidade de israelenses anexarem assentamentos judeus na Cisjordânia ocupada.

"Os EUA e Israel nunca discutiram tal proposta, e o foco do presidente (Donald Trump) continua sendo a iniciativa de paz entre israelenses e palestinos", disse o porta-voz da Casa Branca Josh Raffel.

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, teria dito que "sobre a questão de aplicação de soberania, eu posso dizer que eu tenho conversado com os americanos sobre isto há algum tempo", segundo um porta-voz do partido Likud, da ala direita, em um encontro com parlamentares do partido.

Netanyahu teria se referido à aplicação da lei israelense aos assentamentos, um passo equivalente a anexação. Os assentamentos estão atualmente sob jurisdição do Exército de Israel, que ocupou a Cisjordânia em uma guerra em 1967.

Netanyahu não teria comentado o quão longe as discussões foram sobre anexação de parte da terra que palestinos desejam para um futuro Estado --uma ação que com certeza irá enfrentar forte oposição internacional.

(Por Jeffrey Heller; reportagem adicional de Ali Sawafta, em Ramallah, e Maayan Lubell, em Jerusalém)

Últimas notícias Ver mais notícias