Macron confirma reunião com Giuseppe Conte e diz que não quis ofender a Itália

Paris, 14 Jun 2018 (AFP) - O presidente francês Emmanuel Macron confirmou nesta quinta-feira que terá um almoço com o presidente do Conselho italiano Giuseppe Conte, após uma conversa telefônica na qual afirmou que não quis ofender a Itália nem os italianos com seus comentários.

Na conversa, Macron, que esta semana chamou de "cínica e irresponsável" a recusa de Roma a receber o barco de migrantes "Aquarius", "ressaltou que não fez nenhum comentário com a intenção de ofender a Itália e o povo italiano", informou a presidência francesa.

Macron e Conte "falaram sobre a situação do barco Aquarius", que segue para a Espanha.

Os dois concordaram que "França e Itália (devem) aprofundar a cooperação bilateral e europeia para realizar uma política migratória eficaz com os países de origem e de trânsito".

Para abordar os muitos assuntos de interesse comum, Conte e Macron se reunirão em Paris na sexta-feira em um almoço, seguido de entrevista coletiva.

A crise entre França e Itália provocada pelos migrantes do barco "Aquarius" se agravou na quarta-feira, quando Roma exigiu desculpas de Paris após declarações francesas consideradas "inadmissíveis".

Na quarta-feira, Macron pediu que as pessoas não cedessem à emoção e afirmou que continuava trabalhando lado a lado com a Itália.

jri-ggy/lv/me/erl/fp

Últimas notícias Ver mais notícias