Dois soldados filipinos morrem em confronto com guerrilha comunista

Manila, 10 ago (EFE).- Dois soldados do Exército das Filipinas morreram nesta sexta-feira em um confronto com rebeldes da guerrilha comunista do Novo Exército do Povo (NEP) na província de Isabela, no norte do país.

Um encontro casual entre os militares e os rebeldes perto da cidade de Jones provocou um tiroteio no qual morreram os dois soldados e outros três ficaram feridos, confirmou a veículos de imprensa locais o capitão da 5ª Divisão de Infantaria do Exército, Jefferson Somera.

Também hoje 100 rebeldes do NEP atacaram a delegacia de polícia da cidade de Lapinig, na ilha oriental de Samar, e dois agentes ficaram feridos.

Os guerrilheiros saquearam a delegacia e levaram armas, telefones e computadores, confirmou o porta-voz da Polícia Nacional das Filipinas (PNP), o superintendente Benigno Durana.

Como consequência do fato, a chefia nacional da polícia anunciou que tinha demitido todos os agentes alocados na delegacia saqueada, assim como o diretor provincial da PNP, Romeo Campomanes, e o diretor regional, o superintendente Mariel Magaway.

Segundo Durana, o roubo ocorreu "enquanto estava em curso uma investigação" sobre outros ataques dos comunistas na região.

A guerrilha comunista intensificou suas ofensivas em diversos pontos das Filipinas desde o último dia 28 de junho, quando anunciou sua decisão de romper definitivamente as negociações de paz com o governo do presidente filipino, Rodrigo Duterte.

Os comunistas reagiram assim à decisão do líder de suspender por três meses as conversas para analisar os acordos firmados até o momento e iniciar consultas públicas a respeito.

Ao chegar ao governo, em junho de 2016, Duterte relançou o processo de paz com a Frente Democrática Nacional das Filipinas, a plataforma política que reúne várias organizações de esquerda, como o Partido Comunista e o NEP.

No entanto, desencontros posteriores deixaram em ponto morto as negociações, que acontecem em Oslo, na Noruega.

Últimas notícias Ver mais notícias