Com popularidade em queda, Macron perde ministra do Esporte

PARIS, 04 SET (ANSA) - Com popularidade em queda, o presidente da França, Emmanuel Macron, perdeu mais um ministro: a responsável pela pasta de Esporte, Laura Flessel, dona de duas medalhas de ouro olímpicas na esgrima, anunciou nesta terça-feira (4) sua saída do cargo.   

Segundo a imprensa local, a renúncia se deu por "motivos pessoais". Flessel foi substituída por outra estrela do esporte francês, Roxana Maracineanu, filha de refugiados políticos romenos e medalhista de prata na natação dos Jogos Olímpicos de 2000, em Sydney.   

Na semana passada, o governo já havia sofrido uma baixa com a renúncia de surpresa do ministro de Ecologia Nicolas Hulot, que anunciara sua saída durante um programa de rádio. Ele deixou a função falando em "acúmulo de decepções" no Executivo.   

O substituto de Hulot foi anunciado apenas nesta terça-feira: François de Rugy, até então presidente da Assembleia Nacional.   

Uma pesquisa realizada pelo instituto Ifop constatou que apenas 31% dos franceses estão satisfeitos com Macron, uma queda de mais de 10 pontos em relação à última sondagem.   

O índice de aprovação do presidente é pior que o de seu antecessor, François Hollande, no mesmo período (32%). Um dos fatores para isso é a crise envolvendo Alexandre Benalla, seu ex-chefe de segurança que foi flagrado agredindo manifestantes.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Últimas notícias Ver mais notícias