Ex-comediante que imitava políticos se torna o novo primeiro-ministro da Eslovênia

Jovana Gec
Da Associated Press

  • Darko Bandic/AP

    O ex-comediante Marjan Sarec é o novo primeiro-ministro da Eslovênia

    O ex-comediante Marjan Sarec é o novo primeiro-ministro da Eslovênia

O novo primeiro-ministro da Eslovênia costumava fazer as pessoas rirem. Agora, lidar com as demandas divergentes de seu governo de coalizão de cinco partidos dificilmente deixará muito tempo para piadas.

Antes um comediante que imitava políticos proeminentes, Marjan Sarec assumiu o comando de um governo predominantemente centrista, um fenômeno raro, pelo menos recentemente, na Europa Central, onde os populistas estiveram em marcha da Itália para a Polônia.

Sarec, que se tornou o mais jovem primeiro-ministro da Eslovênia aos 40 anos, enfrentará um duro trabalho para manter o governo da minoria. Afinal, a maioria do governo no Parlamento é pequena e a oposição de direita não vai dar a Sarec uma lua de mel no cargo.

A promulgação de muitas reformas não será fácil nesse ambiente, e isso poderá levar a um descontentamento em um país de apenas 2 milhões de pessoas.

A apertada aritmética parlamentar ficou evidente na quinta-feira (13) quando o novo governo foi endossado por pouco. Apenas a metade dos 90 membros apoiou o governo, o suficiente para manter longe do poder os aliados anti-imigrantes do primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orban.

Analistas alertam que é cedo demais para dizer se a posse de um governo moderado significa um ponto de virada na região.

"Agora está em jogo a Europa, mais do que a Eslovênia", disse Janez Markes, analista do jornal "Delo". "A Eslovênia neste momento, eu odeio dizer isso, não faz parte do problema".

O sucesso do novo governo depende muito se Sarec, que desistiu de uma carreira de sucesso quando entrou para a política, conseguirá provar que está à altura da tarefa.

Sarec serviu duas vezes como prefeito de sua terra natal, Kamnik, na região central da Eslovênia, antes de ganhar destaque quando forçou uma votação presidencial no ano passado contra o veterano político Borut Pahor.

"É mais fácil observar de lado e criticar do que fazer alguma coisa", disse Sarec na quinta-feira no Parlamento. "É hora de começar a trabalhar agora."

Um dos pilares do ato cômico de Sarec era imitar o primeiro-ministro Janez Jansa, que agora é seu principal opositor de direita.

Com um grupo de jovens artistas, Sarec apresentou um programa de rádio satírico apelidado de "Radio Ga Ga", popular em toda a Eslovênia nos anos 90. Algumas de suas performances mostram Sarec alterando sua voz para zombar do sotaque dos políticos, cantando ou gritando com um pano de cozinha em sua cabeça como um poeta alternativo.

Saso Hribar, um jornalista que trabalhou com Sarec, diz que se lembra do novo primeiro-ministro como altamente profissional e o considera completamente preparado para qualquer um de seus papéis.

"Sarec acabou com um bom negócio privado quando desistiu de atuar", brincou Hribar.

Como o novo primeiro-ministro, Sarec certamente enfrentará forte oposição do Partido Democrático Esloveno de Jansa, que obteve a maioria dos votos na eleição de 3 de junho, mas não o suficiente para formar o governo.

Ligado ao húngaro Orban, Jansa "tentará fazer qualquer coisa para subverter esse governo", disse Darko Strajn, chefe do think tank Alternative Academy.

No entanto, Strajn disse que Sarec é uma "personalidade política em formação", e sua disposição para se comprometer e sua habilidade em negociar para formar a coalizão de cinco partidos deve servir bem a ele.

Últimas notícias Ver mais notícias