Avião faz voo rasante em prédios na Austrália e assusta moradores

Do UOL, em São Paulo

Moradores de Brisbane, na Austrália, se assustaram quando viram um avião militar da Royal Australian Air Force (RAAF), a Força Aérea australiana, voando a poucos metros dos arranha-céus da cidade.

Muitos acharam que havia algo de errado e houve quem especulasse que se tratava de um ataque terrorista como o de 11 de setembro de 2001, que atingiu o World Trade Center, em Nova York (EUA).

No entanto, o voo do Boeing C-17A Globemaster, no último dia 29 de setembro, foi apenas uma demonstração de habilidade de um piloto da RAAF que participava do Riverfire, um festival que acontece todo mês de setembro em Brisbane e celebra o fim do festival de artes e cultura de três semanas da cidade.

O Boeing C-17A Globemaster é uma aeronave de transporte militar que, descarregada, pesa 122 toneladas. O avião atinge uma velocidade máxima de quase 830 km/h e, segundo relatos, voou pelos céus de Brisbane a uma altitude de apenas cem metros, dando rasantes, e passando perigosamente perto dos prédios da cidade.

Muita gente registrou vídeos do voo que foram rapidamente parar nas redes sociais. Vários internautas criticaram a ação, dizendo que, por pouco, o voo não acabou mal.

"Tudo o que seria necessário seria um pequeno erro e esses edifícios e pessoas seriam torrados", comentou uma pessoa.

Mas, os pilotos da RAAF são conhecidos pela habilidade e pelo intenso treinamento. Procurada pela imprensa local, a Força Aérea australiana não quis se pronunciar sobre o voo.

Últimas notícias Ver mais notícias