Soldados israelenses abrem fogo e matam 5 palestinos na fronteira com Gaza

Faixa de Gaza, 12 out (EFE).- Cinco palestinos morreram nesta sexta-feira por disparos de soldados israelenses na fronteira com a Faixa de Gaza durante os protestos da Grande Marcha do Retorno, segundo informaram fontes palestinas.

O porta-voz do Ministério de Saúde em Gaza, Ashraf al Qedra, identificou dois dos mortos: Ahmad al Tawil, de 27 anos; e Mohammed Ismail, de 29; abatidos durante os protestos de hoje, na região central do território.

Cerca de 60 palestinos também ficaram feridos a tiros no leste do território, entre eles, dez crianças, informou a mesma fonte.

As manifestações na fronteira entre Israel e Gaza começaram há mais de meio ano, nelas as facções palestinas mobilizam a população para reivindicar o direito ao retorno e para protestar contra quase 12 anos de bloqueio israelense.

Últimas notícias Ver mais notícias