Durante o inverno e outono buscas por temas ligados à depressão aumentam

Do UOL, em São Paulo

Depressão, solidão e ansiedade. Um levantamento feito pelo Google entre 2014 e 2016 indica que durante o inverno os brasileiros se sentem mais tristes e acabam fazendo mais pesquisas sobre temas relacionados em sua plataforma de buscas.

Divulgado nesta semana, o estudo registrou um crescimento de 23% nas buscas de conteúdos ligados aos indicadores de tristeza no inverno. No outono, o mesmo fluxo foi de 11%.

As pesquisas por depressão, solidão e/ou ansiedade começam a diminuir apenas no meio da primavera.

O objetivo, segundo a empresa, foi entender melhor o comportamento dos brasileiros no inverno de acordo com o que buscam no Google no Youtube.

Baixa autoestima

O levantamento também identificou que 75% dos brasileiros é consciente de que come mais durante o outono e o inverno. Por isso, o ganho de peso e problemas dermatológicos relacionados a má alimentação acabam refletindo no fluxo de buscas. 

A procura pelos termos "melhorar a aparência" e "como ser menos feia" subiram 45% no último ano. E é sempre no inverno que elas registram seu ápice. Outros conteúdos muito buscados são: maneiras de emagrecer e efeitos da acne.

Tudo isso pode acabar contribuindo para a sensação de baixa autoestima e com os sinais da depressão.

Últimas notícias Ver mais notícias