Publicidade em todo canto: Facebook começa a testar anúncios no Messenger

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

Você que usa apps de mensagens e redes sociais há bastante tempo deve saber que essas empresas podem até oferecer o serviço de graça, mas em compensação vão ganhar dinheiro com seus dados e com anúncios. E as redes que ainda não põem propaganda, um dia vão pôr. Depois do Facebook e do Instagram, agora é a vez de mais um serviço da empresa fazer isso: o Messenger.

E pelo visto, você não terá escapatória se quiser continuar usando. Na terça (11), o Facebook avisou que os anúncios do Messenger se tornarão globais. Eles já testaram a publicidade dentro do mensageiro --veja na imagem acima como vai ficar-- na Austrália e na Tailândia. Após ter dado certo (para a empresa), esse recurso em fase beta está sendo expandido. 

As pessoas verão os anúncios do Messenger na página inicial do aplicativo. Ao tocarem em um anúncio, elas serão enviadas para o destino escolhido pela empresa/pessoa que criou o anúncio, que pode ser o site ou uma conversa do Messenger.

O Facebook já disponibilizou páginas de ajuda que explicam o uso da ferramenta em detalhes.

"Agora, oferecemos às empresas de todo o mundo uma forma de usar o direcionamento do Facebook para ampliar o alcance para as pessoas no Messenger. Isso significa que empresas de todos os tamanhos terão acesso a uma nova ferramenta para criar conexões valiosas com os clientes existentes e em potencial", diz o comunicado, claramente dirigido para quem vai querer comprar espaço publicitário.

E agora? O WhatsApp será a "próxima vítima" da publicidade?

Aprenda a mudar o emoji padrão do Facebook Messenger

Últimas notícias Ver mais notícias