Saiba porque o final de "Todo Mundo Odeia o Chris" é tão estranho

Pablo Raphael
Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

Uma das séries de TV mais adoradas pelo público brasileiro, "Todo Mundo Odeia o Chris" acompanha uma versão romanceada e divertida (mas baseada em fatos reais) da infância e adolescência do comediante Chris Rock.

A série durou quatro temporadas e o último episódio terminou de uma forma abrupta e um tanto diferente dos outros, deixando muitos fãs com dúvidas sobre o que aconteceu com Chris e sua família.

No episódio, chamado "Todo Mundo Odeia o Supletivo", Chris e a família se reunem numa lanchonete. Ele, os irmãos e a mãe cantam "Livin' on a Prayer", do Bon Jovi, na juke box da mesa, enquanto esperam Julius, o pai do Chris, chegar com o resultado do teste que dirá se Chris poderá entrar numa faculdade ou não.

Enquanto esperam, um homem estranho entra na lanchonete, senta-se no balcão e troca olhares com Chris e depois vai embora. Julius chega com o resultado do teste e, quando Chris pergunta qual foi a nota, o episódio termina com a tela preta e os créditos subindo.

Veja a cena final de "Todo Mundo Odeia o Chris"

Isso aconteceu porque a cena final de "Todo Mundo Odeia o Chris" é uma homenagem ao seriado "Família Soprano". A fotografia da cena é idêntica à sequencia final da série mafiosa, com Tony Soprano e a família reunida no restaurante e o corte abrupto no fim - poupando os fãs de assistir a morte do chefão da Máfia (ou não).

"Todo Mundo Odeia o Chris" é cheia de referências aos filmes e séries sobre a Máfia - as escolas onde Chris estudou, Corleone e Tattaglia. são sobrenomes de famílias de "O Poderoso Chefão", por exemplo.

Reprodução
A última cena de "Todo Mundo Odeia o Chris" é uma homenagem à sequencia final de outra série de sucesso, "Família Soprano".

Mas e aí, o que aconteceu?

Mesmo sendo uma comédia, a série é baseada na vida real de Chris Rock, que narra os acontecimentos e faz comentários engraçados em muitas das roubadas que sua versão mais jovem se mete. Assim, é fácil saber que Chris não passou no teste.

A nota mínima para ir para a faculdade, 735 pontos, até aparece escrita na van de Julius - e a câmera passa um bom tempo focando nesses números, mas não é uma "pista" para o resultado e sim, uma lembrança do peso do resultado do teste na reunião da família naquela noite.

O ator Terry Crews, que fazia o papel do pai do Chris, contou ao site TV Guide que "Chris Rock não terminou o segundo grau e começou na comédia por volta dos 18 anos. O nosso Chris já estava no último ano, então terminamos na hora certa".

"Quando Chris se torna um comediante, a série chegou ao fim", explicou o ator.

Durante a conversa da família na lanchonete, o irmão de Chris, Drew, sugere que ele vá trabalhar no Red Lobster, uma cadeia de restaurantes nos EUA, caso não consiga entrar na faculdade. É uma dica do que aconteceria depois: na vida real, Chris trabalhou num Red Lobster enquanto dava seus primeiros passos como comediante!

ACOMPANHE UOL JOGOS NO YOUTUBE!

Vale notar, o episódio final de "Todo Mundo Odeia o Chris" se passa em 1987, um ano antes do Julius Rock real morrer por complicações após uma cirurgia de úlcera. Chris Rock e os produtores da série não queriam mostrar isso na televisão, então encerraram a história um ano antes.

Quem era o estranho?

O sujeito estranho que entra pela porta da lanchonete é Lev L. Spiro. Ele é o diretor de "Todo Mundo Odeia o Chris" e de várias outras séries de sucesso. Spiro já trabalhou em "Dawson's Creek", "The O.C.", "Modern Family" e "Orange is the New Black", entre outras.

Divulgação
O sujeito estranho com quem Chris troca olhares é o diretor da série, Liv L. Spiro.

Além de ser uma participação especial bacana, o diretor está ali representando o agente que viu o potencial de Chris para a comédia e convenceu o garoto a tentar a carreira nos palcos de Nova York.

Mesmo sem o curso superior, Chris conseguiu se dar bem na comédia, entrou para a trupe do "Saturday Night Live", estrelou quatro shows especiais para a HBO (que o alçou para a fama em 1997) e atuou em vários filmes, além, claro, da série "Todo Mundo Odeia o Chris".

Últimas notícias Ver mais notícias