Futuro da medicina? Cientistas estão usando nano robôs para combater câncer

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Nano robôs bloqueiam suprimento de sangue em células cancerosas.

    Nano robôs bloqueiam suprimento de sangue em células cancerosas.

Parece coisa de "Star Trek", mas está acontecendo no mundo real: cientistas desenvolveram nano robôs para combater o câncer. Os pequenos combatem o tumor cortando o suprimento de sangue das células cancerosas - sem afetar as células saudáveis.

Ao bloquear o suprimento de sangue, os nano robôs causam a morte do tecido, que resulta na redução do tumor.

VEJA TAMBÉM:

Os nano robôs foram desenvolvidos pelos cientistas da Universidade Estadual do Arizona, em colaboração com o Centro Nacional de Nanociência e Tecnologia (NCNST) da China.

Sem efeitos colaterais indesejáveis

Em testes feitos em ratos injetados com células cancerosas humanas, as nano máquinas tiveram sucesso contra câncer de mama, de pele, ovário e pulmonar. Os pesquisadores acreditam que o sucesso deve se repetir em outros casos.

"Todos os vasos sanguíneos sólidos que irrigam os tumores são, essencialmente, os mesmos", disse o líder do projeto, Hao Yan, especialista em "DNA origami".

Os testes também provaram que os nano robôs não afetaram a circulação sanguínea nem a morfologia das células. Mais importante, não há evidências de que as máquinas microscópicas se espalharam para os cérebros das cobaias, onde poderiam provocar efeitos colaterais indesejáveis, como um derrame.

Deanna Dent/ASU Now
Líder do projeto é especialista em "DNA origami", campo da nanociência que estuda as formas das máquinas microscópicas.

"DNA origami" é o campo da nanociência que estuda as formas das nano máquinas e como essas estruturas, centenas de vezes menores do que um fio de cabelo, devem ser para interagir melhor com corpo humano, computadores e eletrônicos.

O projeto da NCNST e da Universidade do Arizona dá um passo além nessa busca, ao desenvolver nano robôs capazes de realizar a tarefa por conta própria, sem a necessidade de controle humano.

Últimas notícias Ver mais notícias