Celulares e games lideram fraudes em comércio eletrônico no Brasil

Rodrigo Lara
Colaboração para o UOL Tecnologia

  • Getty Images

    A cada R$ 100 gastos comércio eletrônico, quase R$ 10 são fruto de fraude

    A cada R$ 100 gastos comércio eletrônico, quase R$ 10 são fruto de fraude

A cada R$ 100 gasto em transações via ecommerce no Brasil para compras relacionadas a celulares feitas entre dezembro de 2016 e dezembro de 2017, R$ 9,38 foram oriundos de algum tipo de fraude, como clonagem de cartões.

O dado é um dos destaques do levantamento "Mapa da Fraude 2018", realizado pela empresa de segurança financeira ClearSale.

VEJA TAMBÉM

Outro segmento que configura um alvo atraente para criminosos são os games. Eles aparecem na segunda posição do levantamento, com R$ 8,63 a cada R$ 100 sendo provenientes de tentativas de fraude.

Esses valores consideram transações feitas em comércios eletrônicos, não compras via canais diretos como as lojas de Xbox e PlayStation ou o Steam.

Além de celulares e games, outros segmentos se destacaram: bebidas (R$ 6,54), eletrônicos (R$ 4,32) e produtos de informática (R$ 3,97).

Separando por regiões, a Norte (R$ 7,59) liderou o levantamento. Já a Sul (R$ 1,98) registrou menos ocorrências. Separando por estados, temos o Tocantins (R$ 9,51) em primeiro e o Rio Grande do Sul (R$ 1,65) em último. 

Ao todo, a cada R$ 100 gastos em compras via ecommerce no Brasil, R$ 3,42 correspondem a tentativas de fraude.

Para obter essas informações, a ClearSale afirma ter considerado 85% do mercado de e-commerce do Brasil. A empresa também ressalta que a análise foi feita com dados anônimos, sem expor informações sensíveis de clientes. O levantamento completo pode ser visto no site da empresa 

Últimas notícias Ver mais notícias